\imprensa Viva
.

Lula e o PT destruíram a democracia do Brasil por um projeto de poder baseado na propina



O PT chegou ao poder com o ex-presidente Lula em 2003 pregando a defesa da democracia e o combate à corrupção no país. Foi com esta bandeira que conseguiram cativar o sonho do povo de viver em um país mais justo e igualitário.

Mas ao invés de ampliar as conquistas democráticas dos últimos anos, o PT colocou em prática um ambicioso projeto de poder baseado justamente na corrupção e na violação da democracia ao aparelhar o Estado e atrair grupos empresariais gananciosos e sem escrúpulos para conseguir financiar seus candidatos e aliados políticos.

Ao comandar o assalto aos cofres públicos a partir da distribuição de cargos em postos estratégicos como ministérios, diretorias de bancos públicos e estatais, os governos do PT agiram nos moldes de organizações criminosas concebidas a partir de modus operandi clássicos que visam blindas as lideranças do partido de suas atividades criminosas.

Com o dinheiro roubado do contribuinte, o PT despejou milhões nas campanhas dos candidatos do partido e de outros políticos da base aliada dos governos petistas, como Sérgio Cabral e Renan Calheiros. Todos os parlamentares foram eleitos com dinheiro roubado do povo e venceram as eleições em condições desiguais em relação a outros concorrentes.

Não fossem os milhões em dinheiro desviado dos cofres públicos despejados nas campanhas de Lula, Dilma, outros candidatos teriam chances iguais de chegar ao poder, mas foram obscurecidos pelo abuso do poder econômico corrupto que se originou nas práticas criminosas na administração pública. Não é democrático se eleger com dinheiro roubado, como é o caso de Dilma, Lula, Gelisi Hoffmann, Lindbergh Farias, Humberto Costa, Maria do Rosário e outros petistas que ocupam cargos públicos até os dias de hoje. São bandidos que sequestraram a democracia. Visto por este ângulo, os governos petistas não foram democráticos.

Os cargos públicos, inclusive no executivo, foram ocupados por sabotadores da democracia. Como resultado, o Brasil hoje não vive uma democracia, pois a maioria dos políticos que ocupam cargos eletivos foram eleitos com ajuda do PT com dinheiro roubado do povo.

É claro que outros políticos de outros partidos também se elegeram ou disputaram eleições com dinheiro roubado, com dinheiro do tráfico, de milícias e dos jogos ilegais. Mas não chegaram nem perto do poder de tomada de decisões que afetam toda a nação e não tiveram acesso direto e irrestrito aos cofres públicos como os políticos do PT. Lula e Dilma comandaram uma verdadeira organização criminosa disposta a assaltar os cofres públicos para se perpetuarem no poder com o dinheiro roubado do povo e para destruir seus adversários políticos. A bandidagem do PT não tem nada a ver com democracia, com meritocracia, com ética ou compromisso com os interesses do povo. Os vídeos com os relatos dos bandidos da Odebrecht comprovam isso.

As delações da Odebrecht comprovam que 80% do dinheiro desviado dos cofres públicos foi destinado exclusivamente ao PT. Outros 18% foram desviados para políticos da antiga base aliada dos governos dos ex-presidentes Lula e Dilma, enquanto 2% foram "apostas" da empreiteira em outros políticos que teriam algum futuro na política.

A questão central é que não haveria como outro grupo político roubar na Petrobras, no BNDES, na Caixa ou nos ministérios sem a conivência de Lula e Dilma, já que eram eles que comandavam com mão de ferro todos os setores da administração pública. O PT roubou a maior parte do dinheiro do contribuinte, pois eram eles que tinham as chaves dos cofres públicos.

O Brasil enfrenta hoje uma das maiores crises econômicas e políticas graças ao desastroso projeto de poder do PT. Além de ameaçar a democracia, Lula e Dilma são os maiores responsáveis pelos mais de 14 milhões de desempregados da atualidade. Sem contar que o dinheiro que roubaram custou a vida e o futuro de milhões de brasileiros que morreram por deficiências nas áreas da saúde e segurança. Uma geração inteira de jovens teve seu destino alterado por não terem tido acesso a educação ou formação básica.

Felizmente, todos estes criminosos, do PT e de outros partidos, como o PMDB, PSDB, PP, PCdoB e PDT foram desmascarados pela Operação Lava Jato. O Brasil tem agora a oportunidade de restabelecer a democracia no país na hora do voto. Todos os delatados precisam ser banidos da vida pública e ficar sem mandatos até que sejam finalmente condenados e presos por seus crimes.


_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget