\imprensa Viva
.

Lula diz que tem orgulho de "ser pobre e andar de cabeça erguida”, mas é milionário e não pode sair nas ruas



O ex-presidente Lula fez publicar em seu site mais uma entrevista para falar as mesmas coisas de sempre. O petista, que se autodefine como a única solução para os problemas de país, mesmo sendo a origem de boa parte deles, afirmou: “Eu tenho autoridade para cuidar do povo, eu sei cuidar do povo, entendo a alma dele. Fiz a transposição porque eu, com sete anos, já carregava pote de água na cabeça. O Nordeste brasileiro não pode ser reconhecido pelo analfabetismo, pela fome, pela seca”.

Infelizmente, o Nordeste continua sendo reconhecido pelo analfabetismo, pela fome, pela seca. Mas agora também é reconhecido pela violência, pelo desemprego, pelo tráfico de drogas e pelos altos índices de evasão escolar.

Lula e seu partido nunca levaram água para os nordestinos com a transposição do Rio São Francisco. Levaram foi bastante propina das empreiteiras que passaram mais de dez anos "alisando" o serviço com muito carinho. O atual governo fez em poucos meses o que Lula e Dilma não fizeram em dez anos.

Lula também desafiou a Lava Jato a provar as acusações que pesam contra ele, apesar de todas as evidências já conhecidas do grande público, como o apartamento vizinho ao seu em São Bernardo, de onde foi despejado pelo juiz Sérgio Moro, o sítio em Atibaia, as palestras falsas e outros crimes devidamente mascarados por laranjas para protegê-lo.

Para concluir, Lula se gaba de ter "orgulho de aprender com uma mulher nordestina analfabeta o que é ser pobre e andar de cabeça erguida”. Se a mãe de Lula estivesse viva, teria é vergonha de ver o filho, que tinha tudo para ter o respeito do povo, desfrutando de favores de favores milionários de empresários corruptos.

Lula mente até sobre seu cotidiano. O petista não é pobre e não pode sair nas ruas de cabeça erguida. A última vez que o fez, quando foi votar no primeiro turno das eleições municipais, foi vaiado e xingado de vagabundo na junta eleitoral de sua cidade.

Por fim Lula voltou a posar de vítima: “Eu não sou de reclamar, mas ninguém aguenta. São quase 18 horas tentando massacrar esse pobre coitadinho que veio de Garanhuns”, afirmou o petista.
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget