\imprensa Viva
.

Lula diz que querem "massacrar esse pobre coitadinho que veio de Garanhuns" e acusa Lava Jato de tortura



Há picos dias durante evento em Brasília, o ex-presidente Lula alegou que está sendo perseguido e disse que querem "massacrar esse pobre coitadinho que veio de Garanhuns", numa referência a ele próprio.

“Eu não sou de reclamar, mas ninguém aguenta. São quase 18 horas tentando massacrar esse pobre coitadinho que veio de Garanhuns (PE)”, disse Lula durante evento organizado pelo PT do DF. Os militantes do partido vibraram com a declaração do líder.

Tentando minimizar os impactos do depoimento de seu ex-amigo Léo Pinheiro ao juiz Sérgio Moro, Lula insinuou que o ex-presidente da empreiteira OAS foi torturado e disso que que os delatores sofrem “pressão” para incriminá-lo. “O que fizeram em cima do Leo dando depoimento? O cara já está condenado a 26 anos. Temos de ter claro como as coisas acontecem. Desse jeito, o cara fala até da mãe”, alegou "o pobre coitadinho que veio de Garanhuns" em sua defesa.

Nesta quinte-feira, o Banco Central encontrou mais R$ 9 milhões de Lula e o dinheiro foi todo bloqueado por determinação do juiz Sérgio Moro. Coitadinho que veio de Garanhuns.
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget