\imprensa Viva
.

Lula diz que cassar direitos políticos de Dilma é "desnecessário". O eterno defensor da impunidade quer impor sua opinião à Justiça e à sociedade



O ex-presidente Lula se manifestou contrário à ação do Tribunal Superior Eleitoral que investiga o uso de dinheiro roubado na campanha da ex-presidente Dilma Rousseff. Durante entrevista à rádio "O Povo CBN", de Fortaleza, o petista evitou comentar as delações de Marcelo Odebrecht, que confirmou à Justiça Eleitoral que repassou mais de R$ 150 milhões em dinheiro roubado do contribuinte para a campanha de Dilma em 2014.

Os crimes de lavagem de dinheiro, falsidade ideológica e organização criminosa investigados no processo podem tornar Dilma inelegível por oito anos. Mas para Lula, um eterno defensor da impunidade, o melhor seria deixar isso tudo para trás e poupar a petista.

"Tentar cassar a Dilma, que já foi cassada, é no mínimo uma certa confusão política desnecessária no Brasil. A desgraça que tinha que ser feita com a Dilma já fizeram", disse, citando o processo de impeachment que ela sofreu.
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget