\imprensa Viva
.

Dilma diz que Estados Unidos participaram do golpe, mas não recusou convite para ir mentir na terra do Tio Sam



A ex-presidente Dilma Rousseff chegou a afirmar que os Estados Unidos participaram ativamente do suposto golpe que culminou com a cassação de seu mandato no ano passado não falou uma vírgula sobre o assunto durante sua passagem pelo país esta semana.

A petista ficou indignada por ter sido exposta mundialmente pelo Departamento de Justiça dos Estados Unidos, que revelou ao mundo o teor devastador do acordo de cooperação firmado entre a Odebrecht e autoridades americanas. No relatório divulgado ao mundo, Dilma aparece como uma presidente eleita com dinheiro roubado da Petrobras e como comandante do maior esquema de corrupção da história mundial.

Acuada, a petista concedeu uma entrevista a um jornal de esquerda argentino (aqui) e tentou acusar os Estados Unidos de terem participado do "golpe" contra ela, numa referência ao processo de impeachment:

Dilma afirmou que "parte do golpe foi o uso de uma investigação de corrupção para atingir inimigos políticos previamente selecionados. É provável que alguns destas informações foram compartilhadas por órgãos dos Estados Unidos e Brasil. Agora, algum órgão de outro país compartilhou informações com instituições brasileiras? Não há como descartar. Não se esqueça que eu fui objeto, em conjunto com a Petrobras, de uma intercepção das comunicações. Nós não sabíamos o que queriam os órgãos dos Estados Unidos que fez as escutas. Também não sabemos o que conseguiram captar. Eu não tenho uma informação precisa, embora é claro que eu posso fazer uma análise: talvez a oligarquia brasileira obteve algumas informações necessárias aqui e outra parte lá fora".

"Neste caso, eu acho que esta análise foi feito antes não é verificada de acordo com a qual o centro foi a conspiração dos Estados Unidos" acusou Dilma durante entrevista a um jornal argentino.

Apesar de acusar os Estados Unidos de ser o centro da conspiração que a tirou do poder, Dilma ficou toda animadinha com os convites para rodadas de palestras naquele país. Mesmo tendo sido ridicularizada durante sua participação no conferência organizada pelas universidades de Harvard e MIT, Dilma fez questão de passar mais uns dias nos Estados Unidos, oferecendo-se para falar até mesmo em reuniões de receitas culinárias.


_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget