\imprensa Viva
.

A esquerda brasileira e metade da população se dizem decepcionados com Lula e o PT. A outra metade, não. Já sabiam que era tudo bandido



O ex-presidente Lula e o PT sempre falaram em nome de todos os brasileiros, embora nunca em sua história tenham vencido uma eleição em primeiro turno ou por maioria absoluta dos eleitores. Mesmo assim, Lula e o PT sempre falaram em nome da maioria dos brasileiros e atacavam as elites e empresários bilionários. Hoje se sabe que o que fizeram ao longo de 13 anos de poder foi justamente roubar a maioria esmagadora dos brasileiros, incluindo ai os que votaram e nunca votaram no PT, e privilegiaram empresários bilionários das elites, como Marcelo Odebrecht, Léo Pinheiro e Eike Batista, que sempre pertenceu a elite branca do olho azul.

Como se não bastasse, foi durante os governos do PT de Lula e Dilma que empresas de comunicação e bancos e mais colheram benefícios mais lucraram com a generosidade petista para com as elites. A própria ex-presidente Dilma Rousseff já admitiu que seu maior erro durante seu governo foi o de conceder benefícios fiscais na ordem de R$ 500 bilhões para empresários bilionários que não aumentaram as contratações nem reduziram seus lucros, apesar de tanta generosidade.

Na verdade, os governos do PT fizeram isso várias vezes, beneficiando bancos, frigoríficos, empresas de telefonia, indústria petroquímica e outras empresas amigas e doadoras de fortunas ao partido. O PT sempre agiu em benefício de grupos poderosos, em detrimento dos interesses do povo.

O problema é que só agora, os petistas, intelectuais e jornalistas da esquerda começam a se dar conta da realidade, após as revelações contidas nos depoimentos dos executivos da Odebrecht como a de que a empreiteira destinou um saldo de R$ 40 milhões de propina ao ex-presidente Lula.

A frustração dos simpatizantes do PT é desconcertante não apenas em virtude das revelações chocantes sobre sua vida criminosa nos bastidores da política, favorecendo familiares, irmãos, amigos e ele próprio com dinheiro roubado do povo. O fato de não poder mais defender Lula diante de pessoas minimante esclarecidas é algo que incomoda mais ainda os fanáticos.

É o caso da psicanalista petista Maria Rita Kehl, que apesar de insistir que Lula fez um ótimo governo, reconheceu sua frustração por constatar que se trata de um corrupto contumaz: "É claro que é muito decepcionante que ele tenha sido delatado na Lava Jato".

Para ela, a frustração é com "a pessoa" do Lula, não com seu governo —"ele não era uma pessoa tão bacana e tão íntegra", admitiu a psicanalista petista à Folha.

O problema maior é que todos os petistas criticavam o juiz Sérgio Moro e a Lava Jato, sem saber que eles já conheciam todo o teor das delações que tiveram o sigilo levantado há poucos dias pelo ministro do Supremo Tribunal Federal, Edson Fachin. Só agora entendem que os membros da força-tarefa baseada em Curitiba estavam apenas cumprindo seu dever.

_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget