\imprensa Viva
.

A declaração mortal de Léo Pinheiro contra Lula. No mundo do crime, onde se lida com dinheiro roubado, não existe amizade



O ex-presidente Lula afirmou que é amigo do ex-presidente da OAS em mais de uma oportunidade. O empresário pagou mesadas para Lula antes dele se tornar presidente. Léo Pinheiro bancava campanhas de Lula desde a década de 1980 e mesmo quando o petista não estava em campanha, recebia uma mesada de R$ 30 mil, segundo o  dono da construtora Gautama, Zuleido Veras.

Em uma entrevista à Revista Veja, O dono da Gautama não se surpreendeu quando soube do triplex no Guarujá, bancado por Léo Pinheiro: “Normal. A relação deles é antiga. Hoje eles estão ricos, nem precisam disso”.

Uma das oportunidades que Lula confirmou seus laços de amizade com Léo Pinheiro ocorreu em circunstâncias pouco usuais. Foi no dia 4 de março de 2016 o petista foi alvo de um mandado de condução coercitiva e levado a depor na sede da Polícia Federal no Aeroporto de Congonhas, em São Paulo. Na ocasião, o delegado da PF perguntou ao ex-presidente se ele era mesmo amigo de Léo Pinheiro e o petista não apenas confirmou a amizade, como também afirmou que gostava do amigo empreiteiro.

Delegado da PF: O senhor se tornou amigo do Léo Pinheiro?

Lula: Eu diria que sou amigo e gosto do Léo Pinheiro.

O que Lula fingia ignorar é que a suposta amizade existente entre ele e Léo Pinheiro era baseada na possibilidade dos dois lucrarem as custas do dinheiro do contribuinte. Como manda chuva do PT e comandante de praticamente todas as prefeituras e cargos conquistados por políticos de seu partido, Lula, mesmo quando não era presidente, tinha o poder de favorecer os negócios da empreiteira de Léo Pinheiro.

Lula sabia que poderia obter vantagens financeiras do empresário garantindo pequenos contratos para sua empresa e Léo Pinheiro sabia que Lula poderia lhe garantir ótimos negócios envolvendo verbas públicas (dinheiro do contribuinte).

Como o laço de amizade entre Lula e Léo Pinheiro era justamente o dinheiro do povo, esta relação deixou de existir quando um perdeu o poder de conseguir o que sempre quis do outro. Normalmente, é assim que as coisas funcionam no mundo do crime. Não existe amizade. Apenas interesses escusos e efêmeros.

Esta semana, Léo Pinheiro entregou todo o esquema que estava por trás da suposta amizade entre ele e Lula durante seu depoimento ao juiz Sérgio Moro. No interrogatório, ele confirmou que o triplex no Guarujá estava reservado para Lula como parte no repasse de propinas ao petista. Léo Pinheiro confirmou ainda que o ex-presidente e a família solicitaram reformas caras no referido imóvel.

Incomodado com a gravidade das revelações do agora ex-amigo de Lula, o advogado do ex-presidente tentou encontrar algum fio de esperança para reverter o estrago dos relatos de Léo Pinheiro e quis saber de onde vieram os recursos para a obra:

Pergunta: O senhor usou valores provenientes da Petrobras para fazer alguma reforma nesse imóvel?

Léo: Não. Eu usei valores de pagamento de propina para poder fazer um encontro de contas. Em vez de pagar x, paguei x menos despesas que entraram no encontro de contas. Só isso. Houve apenas o não-pagamento do que era devido de propina.

Em outras palavras, as comissões destinadas a Lula e ao PT por contratos da empreiteira com a Petrobras e com a União geraram propinas que foram "abatidas" dos benefícios concedidos ao ex-presidente.

De acordo com Léo Pinheiro, Lula estava a par desse acerto e tinha uma conta de propina na empreiteira no valor de R$ 15 milhões, administrada pelo ex-tesoureiro do partido, João Vaccari Neto. A contabilidade da propina de Lula incluiu a reforma do triplex solicitada por Lula e sua mulher, Marisa Letícia, as obras no sítio de Atibaia, o transporte e armazenagem dos objetos trazidos por Lula de Brasília para São Paulo ao fim de seu mandato em 2010 e em outros empreendimentos.

_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget