\imprensa Viva
.

Temer chamará Lula para conversar, mas apenas se ele for inocentado em todas os processos que responde.



Em entrevista ao jornalista Roberto D'Avila esta semana. o presidente Michel Temer confirmou que o ex-presidente Lula se ofereceu para conversar com ele no Palácio do Planalto para tratar de problemas pontuais.

Temer, que tem sido duramente atacado por Lula em atos do PT se mostrou reticente, mas por uma questão de elegância, não descartou a hipótese. Entretanto, o presidente fez questão de frisar que o encontro poderia ocorrer "em dado momento". Para quem entende, um pingo é letra. Interlocutores do presidente garante que Temer jamais se reuniria com Lula enquanto ele permanecer na condição de réu perante a Justiça.

"O Temer é um constitucionalista ferrenho e jamais ousaria confrontar instituições como os órgãos da Justiça, como o Ministério Público Federal, e se reunir como um suspeito de crimes ainda não esclarecidos. Seria um desrespeitos às instituições do país.

"Ao afirmar que dizer que, "num dado momento", ele vai verificar a disponibilidade do ex-presidente Lula em ajudá-lo, Temer quis dizer: livre de qualquer embaraço com a Justiça" afirma um interlocutor do Planalto.


Na mesma entrevista, Temer mandou alguns recados para Lula e Dilma, que o acusaram de ser um governante fraco:

"Se eu for fraco e consegui fazer o que fiz pelo país, eu prefiro ser fraco do que ser forte. Porque, os que se dizem fortes, destruíram o país", disse o presidente. Temer afirmou ainda  que as "pessoas acabam confundindo educação cívica e pessoal" com fraqueza. "Eu não vou mudar meu jeito, não. Sempre deu certo assim, vou continuar assim.", garantiu. 
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget