\imprensa Viva
.

Professores estão deixando de dar aulas para exaltar Lula e o PT em milhares de escolas no Brasil



As queixas de alunos da rede pública sobre a postura de vários professores em sala da aula estão se tornando cada vez mais frequentes nos últimos dias. Alunos relatam que vários professores estão abandonando as matérias durante suas aulas para promover debates políticos nos quais tentam exaltar os feitos do ex-presidente Lula, enquanto atacam duramente o governo de Michel Temer.

Rogério Sobrinho, aluno de uma escola de ensino médio na Baixada Fluminense, no Rio de Janeiro, enviou um relato ao blog, no qual informa que os professores de história, português e geografia estão dedicando praticamente todo o tempo de aula para defender Lula e o PT.

"Está se tornando algo insuportável. Estamos numa fase crítica de nossa educação e minha preocupação maior é com o Enem, não com Lula, Dilma ou Temer" - queixa-se o aluno do 3º ano do ensino médio.

A jovem Bruna Aguiar relatou o mesmo problema em uma escola pública de Governador Valadares, MG. Segundo ela, o patrulhamento ideológico na escola tem sido tão ostensivo nos últimos dias que está se tornando cada vez mais difícil reconhecer o local como um ambiente de educação.

"O pior de tudo é que você tem que fingir que concorda com os professores, pois corre o risco de ser perseguido e prejudicado em suas notas", relata a estudante. "Um colega da classe foi discordar do professor sobre a Lava Jato e afirmou que a investigação tem condições de mudar o Brasil e foi expulso da sala da aula", diz Bruna.


Segundo um diretor de escola de Belo Horizonte, não há como impedir que este tipo de situação ocorra dentro da sala de aula. "Os professores alegam que estão tratando de assuntos da atualidade e não sobre política".
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget