\imprensa Viva
.

Negócios do filho de Lula com a Oi podem vir a tona com prisão de Cabral. Ex-secretário se propôs a delatar esquema



O ex-presidente Lula deve ter muitos motivos para se preocupar com uma possível delação do ex-governador do Rio, Sérgio Cabral, preso durante a Operação Calicute da Polícia Federal  em novembro do ano passado.

Além dos esquemas de corrupção e lavagem de dinheiro envolvendo obras públicas com recursos federais, o ex-governador pode revelar detalhes sobre a relação de Lula e Dilma com o empresário Eike Batista e ainda fornecer informações sobre o envolvimento de familiares do ex-presidente com a empresa de telefonia OI.

O colunista Lauro Jardim informou esta semana que o ex-secretário de Saúde de Cabral, Sérgio Côrtes, procurou o Ministério Público Federal para negociar um acordo de delação. Entre as propostas da negociação, o ex-secretário de Cabral se dispôs a falar dos negócios de familiares de Lula com a Oi. A coluna informa que os procuradores não abriram negociação, o que levanta a suspeita de que o assunto já está sendo tratado diretamente com Cabral em sua eventual delação.

De acordo com um laudo da Operação Lava Jato, a  empresa Gamecorp, que pertence a um dos filhos do ex-presidente Lula, recebeu cerca de R$ 103 milhões da cervejaria Petrópolis e de empresas ligadas à Oi.
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget