\imprensa Viva
.

Marcelo Odebrecht afirma que era explorado por Lula e Dilma e se sentia um bobo nas mãos dos dois petistas



O empreiteiro Marcelo Odebrecth deu uma pequena amostra sobre como os ex-presidentes Lula e Dilma são implacáveis quando o assunto é corrupção. O executivo, que não tem nada de bobo, afirmou em depoimento à Justiça Eleitoral nesta quarta-feira, que era explorado pelos líderes dos governos do PT, tamanha era a ganância de Lula e de seus correligionários.

O executivo afirmou que se sentia o "bobo da corte" nas mãos de Lula e Dilma e dos petistas que ocupavam cargos no governo federal. O ex-presidente da maior empreiteira do país se confessou contrariado por ter sido obrigado a entrar em projetos que não desejava apenas para viabilizar repasses de propinas para as campanhas de Lula e Dilma..

 "Eu não era o dono do governo, eu era o otário do governo. Eu era o bobo da corte do governo", afirmou o executivo, que se encontra preso em Curitiba.

No mesmo depoimento, Marcelo Odebrecht acabou comprometendo até mesmo seu pai, Emílio Odebrecht. O executivo afirmou que se sentia incomodado por divergências com seu pai, que defendia que a empresa deveria atuar em qualquer projeto apontado por Lula e Dilma, pois esta era uma forma de apoiar os governos do PT, que sempre foram bastante generosos com a empresa.

Os motivos do descontentamento de Marcelo ficaram bastante claros em seu depoimento. Em muitos casos, a empresa tocava projetos para gerar caixa para o PT, mas não era beneficiada de forma proporcional.

_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget