\imprensa Viva
.

Lula manda recado desesperado para Léo Pinheiro: "não me delate, pelo amor de deus!"



O ex-presidente Lula usa os palanques e entrevistas para mandar recados implícitos, os mais variados, a pessoas com quem deseja se comunicar, mas por razões ignoradas, não pode.

Um dos recados clássicos do petista é quando ele pede dinheiro para as pessoas que tem rabo preso com ele, A senha adorada pelo petista é bem simples: ele costuma dizer que vai voltar a percorrer todo o Brasil em campanha. Para quem entende, um pingo é letra. Quando diz isso, Lula quer dizer que vai precisar de muita grana. Não apenas para bancar suas despesas com jatinho, como também para pagar os militantes normalmente convocados para inflar seus atos públicos.

Esta semana, durante um ato contra a Lava Jato promovido pelo PT em São Paulo, Lula voltou a mandar um recado bastante claro para o ex-presidente da empreiteira OAS, Léo Pinheiro, preso em Curitiba:

“Quero ver qual vai ser o crime imputado a mim. Eu tenho dito todo santo dia: eu duvido que tenha um empresário que diga um dia que o Lula pediu 10 centavos", bradou o petista, na esperança que seu "recado" chegue ao ex-amigão que bancou seu triplex, a reforma no sítio em Atibaia e o transporte e armazenamento das "tralhas" que trouxe de Brasília, ao final de seu mandato em 2011. Apenas nesta brincadeira, a OAS desembolsou R$ 1.3 milhão.

O desespero de Lula é perfeitamente compreensível. Afinal, Léo Pinheiro será interrogado pelo juiz federal Sérgio Moro no dia 20 de abril, 13 dias antes da data prevista para o interrogatório de Lula. Justamente na ação que investiga o caso do triplex e o financiamento milionário do transporte e armazenagem dos objetos retirados por Lula dos Palácios do Planalto e Alvorada em 2011.

Em sua tentativa de retomar seu acordo de delação premiada, Léo Pinheiro implorou por uma segunda chance na Lava Jato e prometeu revelar toda a verdade sobre os esquemas de corrupção em que esteve envolvido com o ex-presidente Lula. O executivo inclusive pediu para o juiz Sérgio Moro mantê-lo preso na carceragem da Polícia Federal em Curitiba, pois temia por sua vida em virtude da gravidade dos fatos que pretende revelar.

Lula está em pânico diante da possibilidade de se sentar diante do juiz Sérgio Moro logo após ser massacrado pelo depoimento de Léo Pinheiro. Durante o mesmo ato organizado pelo Diretório Nacional do PT intitulado “O que a Lava-Jato tem feito pelo Brasil, Lula voltou a fazer um apelo dramático a Léo Pinheiro:

“Esse seminário é importante porque vai fazer com que nós petistas aprendamos de uma coisa: quando alguém dizer que um amigo nosso é corrupto, na falta de prova a gente tem que estar do lado do amigo da gente”, apelou Lula para a velha amizade com o empreiteiro que lhe pagava mesada desde os anos 90.

_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget