\imprensa Viva
.

Lula ainda não explicou ao povo, nem à Justiça, por que roubou objetos de ouro do acervo público.



Há quase um anos, o Ministério Público Federal (MPF) solicitou que o juiz Sérgio Moro determinasse ao ex-presidente Lula para que ele se manifestasse sobre os bens apreendidos num cofre do Banco do Brasil durante a 24ª fase da Operação Lava Jato. Os procuradores pediram que Moro desse um prazo para o ex-presidente indicasse a data e a circunstância em que colheu cada item que retirou do acervo do Palácio do Planalto.

Os objetos valiosíssimos foram retirados do Palácio do Planalto pelo ex-presidente e guardados em um cofre da Agência Líbero Badaró do Banco do Brasil, em São Paulo, por cinco anos sem qualquer custo, conforme informou gerente do banco, quando a Polícia Federal (PF) cumpriu um mandado de busca e apreensão no local.

Entre os itens estão moedas de ouro, medalhas, esculturas e até uma espada e uma adaga de ouro cravejadas de pedras preciosas. O tesouro estava guardado em 23 caixas de papelão e em uma caixa maior de madeira.

Até o momento, Lula não se manifestou sobre as jóias e obras de arte feitas em ouro que retirou indevidamente do Acervo da Presidência, já que ele só poderia levar objetos de uso estritamente pessoais, como cartas, fotos, remédios e roupas. Normalmente, nas cerimônias de trocas de presentes entre chefes de Estado, os presentes dados são comprados com o dinheiro do contribuinte. Logo, os presentes recebidos em troca também pertencem ao povo.

O fato é que até o momento, Lula só se referiu às tralhas que trouxe consigo quando deixou a presidência em janeiro 2011. O Instituto Lula e a defesa do ex-presidente divulgaram apenas imagens de bonés, canetas e camisetas que Lula ganhou enquanto ocupava o Palácio do Planalto. Sobre as centenas de jóias valiosíssimas escondidas no cofre do Banco do Brasil.

Até o momento, todos os prazos estipulados pelo MPF para que Lula explicasse a retirada irregular das jóias se esgotaram e o petista continua se fazendo de vítima de perseguição política.  Há poucos dias, o Palácio do Planalto encaminhou ao MPF uma lista de itens levados por Lula que devem ser reincorporados ao patrimônio público.

O acervo pertence ao Estado, mas Lula se apropriou de tudo e escondeu. A Polícia Federal descobriu e apreendeu todo o material, mas até o momento, nada ficou definido e os objetos ainda não foram devolvidos ao acervo da Presidência. Controvérsias à parte, o Brasil inteiro quer saber por que Lula roubou o patrimônio do povo, levando milhões de dólares em jóias do Palácio do Planalto.
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget