\imprensa Viva
.

João Doria vai acabar com a Cracolândia e anuncia novo projeto urbanístico para a região dominada por criminosos



O prefeito da cidade de São Paulo, João Doria (PSDB) anunciou a criação de um ambicioso projeto que deve colocar um fim definitivo em uma região da capital dominada por criminosos e dependentes de drogas. Após desafiar a gestão de vários prefeitos e governadores, a região conhecida como Cracolândia está finalmente com os dias contados.

O atual prefeito planeja desapropriar todos os imóveis localizados na parte principal da região central da cidade, entre a Rua Helvetia e a Alameda Glete, locais onde se concentra a Cracolândia. A medida faz parte do projeto Redenção, ainda em desenvolvimento, e visa a reurbanizar a área por meio de parceria com a iniciativa privada.

O projeto, batizado com o nome de "Redenção", prevê a desapropriação de cerca de 50 lotes e a demolição de todos os imóveis  para a implantação de um novo plano urbanístico com moradias, comércios e equipamentos públicos no local conhecido hoje como “fluxo”. A previsão é a de que todo o processo consumirá cerca de 36 meses de trabalho, tempo suficiente para extinguir a cultura do comércio de drogas no local.

João Doria se manifestou publicamente sobre o assunto e defender que a reurbanização de espaços ocupados por viciados faz parte do planejamento estratégico da Prefeitura para impedir que a área seja novamente tomada por consumidores de crack após o início do Redenção. “Você tem de dar uma ocupação urbanística. Nossa ideia é que, ainda neste ano, iniciando (o programa Redenção) em junho, essa área esteja completamente liberada e já com o desenvolvimento urbano sendo iniciado”, disse o tucano, após sair de reunião na semana passada na Secretaria de Estado de Segurança Pública sobre o assunto.

Vários prefeitos tentaram acabar com a Cracolândia, região que há quinze anos faz parte do cenário da região central da capital. Milhares de pessoas adotaram o lugar para comprar e consumir drogas livremente e até então, haviam conseguido resistir as ações das forças do Estado, mas o máximo que se conseguiu até hoje foi dispersar os ocupantes do local por algumas horas.

_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget