\imprensa Viva
.

Estrago provocado por Dilma na economia do país foi um crime, diz jornalista



Um artigo publicado na Folha (aqui) sobre o estrago provocado pela ex-presidente Dilma Rousseff revela que "na história de que se tem registro, jamais os brasileiros empobreceram tanto num biênio como em 2015-2016. Caso se pretenda fixar tal desastre na memória, com uma pincelada rápida e forte, pode-se dizer que estamos diante de um recorde em muitas décadas. Conforme os dados recém-divulgados pelo IBGE, a renda média por habitante do país encolheu quase 9% no período —se incluída a queda menos aguda de 2014, atinge-se esse percentual."

O jornalista Clovis Rossi, também da Folha (aqui), resumiu bem o estrago feito pela petista na vida do brasileiros: "Vamos tirar as luvas que encobrem as palavras duras e dizer, com toda a clareza, que o retrocesso econômico-social provocado pelas políticas de Dilma Rousseff é o equivalente a um crime. Um crime de lesa pátria". Segundo o jornalista, Não há outra palavra adequada para qualificar a redução de quase 10% na renda de cada brasileiro. Segundo o estudo da Folha, o país retornará ao mesmo nível de renda média de 2013 apenas em 2023. 10% a menos no bolso de todos os brasileiros e 10 anos a mais em suas vidas para voltar ao mesmo ponto. É mesmo um crime épico.

Clovis Rossi citou ainda  o especialista em análise econômica, Vinicius Torres Freire, que afirmou que o que trouxe o país a "esse abismo sórdido" foi "a 'pax luliana', o acordão entre petismo e agregados esquerdistas com os donos da grande empresa e do dinheiro grosso em geral".

Dilma, Lula e o PT cometeram vários crimes de lesa pátria, mas continuam todos impunes e com espaço na imprensa, onde dão palpites na economia e ainda se dizem vítimas.
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget