\imprensa Viva
.

Em breve, teremos vídeos com Marcelo Odebrecht e outros executivos confirmando que Lula e Dilma são ladrões



Qualquer policial com o mínimo de experiência sabe que um criminoso nega seus atos até as últimas consequências. Muitos choram, outros ficam indignados, evocam o nome de Deus e até ameaçam processar aqueles que os acusam.

A pessoa com a prova cabal de seu crime pode estar a caminho da delegacia, mas enquanto esta pessoa não adentra ao recinto com a devida prova, o criminoso continua jurando inocência, acreditando que algo pode dar errado no trajeto da testemunha. Nunca se sabe, né?

Nos casos relativos aos integrantes do PT, esta novela já foi vista dezenas de vezes. Lula e Dilma juraram não apenas que eram inocentes, mas defenderam a inocência de outros ladrões contumazes, como José Dirceu, João Vaccari, Antonio Palocci e mais de uma dezena de petistas que foram em cana com a boca na botija. Lula e Dilma também já defenderam publicamente a idoneidade e a honestidade acima de qualquer suspeita do empreiteiro Marcelo Odebrecht. Até que...

O próprio Marcelo Odebrecht se confessou um ladrãozinho safado, sem vergonha, que passou anos fazendo negócios sujos com os governos do PT de Lula e Dilma. As tretas confessadas pelo príncipe dos empreiteiros vão desde a combinação de obras superfaturadas, contração de empréstimos camaradas até a encomenda de medidas provisórias feitas sob medida para atender aos interesses de seu grupo empresaria.

Tudo isso em troca de propinas para o PT, para Lula, Dilma e os demais políticos e partidos indicados por eles para receber propina. Marcelo Odebrecht confessou que repassou pelo menos R$ 300 milhões em propina ao PT em troca dos bilhões que conseguiu arrancar dos cofres públicos com a ajuda de Lula e Dilma. Marcelo Odebrecht não apenas confirmou o repasse milionário de propina como também confirmou que mesmo o dinheiro legal que entrou no caixa do PT e foi devidamente registrado pelo partido também era propina. O executivo do grupo, Alexandrino Alencar também confirmou que os repasses da Odebrecht a Lula e a seu instituto também foram propina, ou dinheiro em contrapartida por vantagens obtidas pelo grupo.

Em seu acordo de leniência, o grupo se comprometeu a devolver pelo menos R$ 7 bilhões do dinheiro roubado aos cofres públicos. É muito? É, mas o valor roubado com a ajuda de Lula e Dilma pode ser bem maior, considerando que o faturamento do grupo saltou de U$ 5 bilhões ao ano em 2003, ano do primeiro mandato de Lula, para U$ 140 bilhões ao ano em 2014, quando foi deflagrada a Operação Lava Jato.

Pois bem. O ladrãozinho confessou todos os seus crimes em depoimentos gravados em vídeo. Embora o conteúdo das delações do grupo ainda seja mantido sob sigilo, é certo que em pouco tempo, o ministro do Supremo Tribunal Federal, Edson Fachin, relator da Lava Jato na Corte, irá levantar o sigilo de todo este material fantástico. Até mesmo por uma questão de transparência e lógica.

O fim do sigilo sobre as delações do Grupo colocaria também um fim nos famigerados vazamentos seletivos. Embora ocorram e servem para revelar os detalhes sórdidos da relação de Lula e Dilma com a empreiteira, os vazamentos são usados pelos criminosos como desculpas e até motivos para se anular todo o trabalho realizado até aqui pela força-tarefa baseada em Curitiba e Brasília ao longo dos últimos três anos. Há inclusive ministros do próprio Supremo, como Gilmar Mendes, que defendem esta aberração de se anular delações vazadas. O sujeito no mínimo deve estar morrendo de mendo do que vem pela frente, assim como Lula, Dilma e companhia.

Mas o fato inexorável é que, em breve, todo o Brasil poderá acompanhar o depoimento de Marcelo Odebrecht e de outros 77 executivos do Grupo. Há muitos outros segredos sobre Lula e Dilma que virão a tona com a divulgação dos vídeos. Ainda assim, os dois continuarão negando seus crimes. Pelo menos até que a Justiça reúna todos os relatos, e provas fornecidas pelos delatores da Odebrecht. A partir dai, a sequência dos desdobramentos compreende a ordem de novos inquéritos, processos, julgamentos e cadeia para toda esta gente. 
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget