\imprensa Viva
.

Conduta criminosa de Dilma e PT foi lesiva à democracia. Petistas macularam processo eleitoral de forma premeditada



O empresário Marcelo Odebrecht prestou depoimento à Justiça Eleitoral nesta quarta-feira, 01, e confirmou constatações óbvias feitas pelos investigadores da Lava Jato ao longo longo dos últimos três anos. ele de fato fazia parte da organização criminosa montada pelo ex-presidente Lula para financiar um projeto de poder duradouro do PT no comando do governo do Brasil.

No depoimento, o empreiteiro confirmou detalhes óbvios, como o fato da ex-presidente Dilma Rousseff ter conhecimento profundo sobre o uso de dinheiro roubado em suas campanhas. No entanto, Odebrecht afirmou que Dilma sabia dos pedidos de contribuição para financiar sua campanha e afirmou que as transações eram feitas por meio de “interlocutores” indicados pela petista.

A conduta criminosa de Dilma, Lula e demais integrantes do PT, em conluio com a maior empreiteira do Brasil, representou um duro golpe na democracia. A organização criminosa usou dinheiro roubado do próprio povo para macular o processo eleitoral não apenas para vencer, mas para destruir a reputação de todos aqueles que se colocavam em seu caminho.

Em troca de vantagens obtidas junto aso governos de Lula e Dilma, o empresário Marcelo Odebrecht afirmou ter repassado ao PT de 2008 a 2014 cerca de R$ 300 milhões. Esse dinheiro, explicou, era depositado em uma conta que era inicialmente acessada pelo ex-ministro Antonio Palocci e, posteriormente, pelo ex-ministro Guido Mantega. 
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget