\imprensa Viva
.

Campanha eleitoral de Lula no Velho Chico não ficou barata. Aluguel de ônibus, diária para militantes, mortadela e jatinho



O ato de campanha de Lula e Dilma na região da transposição do Rio São Francisco não ficou barata. Os dois petistas foram inaugurar uma obra federal já inaugurada pelo presidente Michel Temer. Além da irregularidade de usar uma obra federal para se promoverem, Lula e Dilma fizeram campanha em seus discursos, praticando um crime eleitoral quase dois anos antes das eleições de 2018.

Os gastos também chamaram a atenção de analistas. Segundo a Polícia Rodoviária Federal, a caravana do PT criou um congestionamento de mais de três quilômetros de ônibus fretados para levar a militância petista ao local. Muitos receberam diárias de até R$ 100 reais. Em entrevista, o secretário de organização estadual do PT, Jackson Macedo, afirmou que os movimentos sociais patrocinaram a estrutura do ato político que trouxe os ex-presidentes Lula  Dilma.

A estrutura teria sido facilitada por MST e a CUT nacional. “O presidente Wagner Freitas estava aqui conosco”, disse Jackson Macedo.

Os movimentos – ainda de acordo com Jackson – também custearam os deslocamentos e lanches da militância do partido. “A passagem era R$ 60. Nós pagamos R$ 30”, detalhou.

O secretário não informou o total dos gastos feitos com os ônibus fretados para levar as comitivas, montagem de palco, aluguel de equipamentos de som e outras despesas com o evento no centro de Monteiro. Ninguém sou informar ainda qual teria sido o cisto do aluguel do jatinho que levou Lula. Segundo especialistas, uma viagem como esta pode custar até R$ 200 mil, considerando o tempo que a aeronave fica a disposição do usuário.
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget