\imprensa Viva
.

Alexandrino Alencar, da Odebrecht, confirma que Edinho Silva cobrou e recebeu R$ 30 milhões em propina para Dilma



Um dos mais importantes delatores do Grupo Odebrecht, o ex-diretor Alexandrino Alencar, confirmou nesta segunda-feria, 06, em depoimento ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral), que o ex-ministro Edinho Silva, tesoureiro da campanha de Dilma em 2014, pediu que empreiteira doasse R$ 30 milhões em propina para a campanha da petista.

Alexandrino Alencar é o terceiro mais importante delator da Odebrecht, ficando atrás apenas de Marcelo e de seu pai, Emílio Odebrecht. Segundo o ex-diretor da empreiteira, os R$ 30 milhões em propina repassados pelo Grupo foram usados para comprar o apoio de partidos que integraram a coligação "Com a Força do Povo", da chapa Dilma-Temer.

O ex-executivo destacou que a ideia de fazer a doação por meio de caixa dois partiu do próprio o ex-ministro Edinho Silva, que havia sido escalado como tesoureiro da campanha pela própria Dilma em 2014.
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget