\imprensa Viva
.

Advogado de Lula que bateu boca com Moro abandona defesa do petista e faz mistério sobre seus motivos



Mais um advogado de defesa do ex-presidente Lula abandona do petista em menos de um ano. Depois do jurista Nilo Batista, foi a vez do advogado criminalista Juarez Cirino dos Santos, que ao juiz Sérgio Moro, com quem chegou a se indispor, que renunciou à defesa do ex-presidente Lula nas ações a que o petista responde na Lava Jato. Reconhecido no meio acadêmico e jurídico, Cirino manteve sigilo sobre os motivos que o levaram a abandonar a defesa do petista, réu em cinco ações penais na Justiça.

No documento em que comunicou ao juiz Sérgio Moro de que não atuaria mais na defesa de Lula, Cirino informou que ele e outros dois advogados de seu escritório, que também deixam a defesa do petista.

Com reconhecida trajetória acadêmica, Cirino é pós-doutor em Política Criminal e Filosofia do Direito Penal pela Universidade de Saarland, na Alemanha, e atualmente é professor de Direito Penal da Universidade Federal do Paraná desde 2002.

O abandono da defesa de Lula ocorre a poucos dias do levantamento do sigilo das delações do Grupo Odebrecht
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget