\imprensa Viva
.

Silas Malafaia é indiciado pela Polícia Federal por corrupção. Pastor recebeu recursos oriundos de organização criminosa



O pastor Silas Malafaia, líder da denominação evangélica “Igreja Assembléia de Deus Vitória em Cristo, (antiga Assembléia de Deus), acaba de ser indiciado pela Polícia Federal, acusado do crime de corrupção. O pastor caiu na investigação da PF sobre um esquema criminoso envolvendo desvio de recursos públicos por ter recebido depósitos de R$ 100 mil recebidos em sua conta de um dos investigados, o advogado Jader Alberto Pazinato.

Pazinato faz parte de um esquema criminoso envolvendo a cobrança de royalties na exploração de minérios. Segundo investigação da Polícia Federal, o grupo desviou cerca de R$ 66 milhões no esquema. Malafaia chegou a ser conduzido coercitivamente pela PF para prestar depoimento  durante a deflagração da Operação Timóteo em dezembro.

No despacho em que foi indiciado, a Polícia Federal afirma que "Silas Lima Malafaia se locupletou com valores de origem ilícita”. A notícia foi publicada com exclusividade pela revista ISTOÉ :

“Considerando toda a engrenagem criminosa, com estrutura ordenada que passa por quatro etapas distintas – da captação dos contratos até o branqueamento dos valores – tendo os personagens de cada uma delas funções específicas, concluímos que são fartos os indícios da existência de verdadeira ORCRIM (organização criminosa), responsável pelo desvio de pelo menos R$ 66 milhões”, escreveu o delegado. Outra associação religiosa, a Igreja Embaixada do Reino de Deus, também recebeu valores de Pazinato: R$ 1,7 milhão, segundo a PF".



Leia a matéria completa aqui


_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget