\imprensa Viva
.

Renan Calheiros e Edison Lobão são alvos de inquérito no Ministério Público por tentativa de obstrução da Lava Jato.



Os senadores Renan Calheiros (PMDB-AL) e Edison Lobão (PMDB-MA) e Renan Calheiros (PMDB-AL) são alvos de um inquérito em curso no Ministério Público Federal que apura a participação dos dois em uma tentativa de atrapalhar investigações da Operação Lava Jato.

Os dois foram implicados pelo ex-senador  Delcídio Amaral (ex-PT-MS) em seu acordo de delação premiada. O ex-senador petista confirmou em seu depoimento à  Justiça Federal em Brasília  nesta quarta-feira, 15, que Renan e Edison Lobão participaram de um encontro no Instituto Lula em maio de 2015, no qual estava presente ele o próprio Lula.

Delcídio é um dos delatores da Operação Lava Jato e foi interrogado na  10.ª Vara Federal, em Brasília em ação penal contra o ex-presidente Lula, apontado como o mandante da operação para comprar o silêncio do ex-diretor da Petrobrás, Nestor Cerveró.

Delcídio confirmou em seu depoimento que, em meio à crise gerada pela Lava Jato, ele se reuniu com o ex-presidente no Instituto Lula que leva seu nome em maio de 2015 e confirmou a participação de os senadores Edison Lobão e de Renan Calheiros no encontro O objetivo dos quatro era formar um grupo de senadores para reagir às denúncias frequentes que surgiam na operação. Esse encontro também se tornou objeto de um inquérito em curso pelo MPF, que suspeita de que o episódio foi mais uma tentativa de atrapalhar investigações.
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget