\imprensa Viva
.

PT é uma organização criminosa com os dias contados. Se é para ser derrotado, que seja em outro partido, diz petista



A debandada de políticos com mandatos de senadores, deputados federais e estaduais é um dos assuntos mais delicados na cúpula do PT nos últimos meses. Mas a situação fugiu do controle e chamou a atenção de observadores mais atentos sobre o que acontece nas entranhas do partido. Pelo menos 70% dos nomes de peso da legenda deixaram de comparecer ao velório da ex-primeira dama Marisa Letícia. Nem todos que estavam ali eram petistas de fato e o terceiro andar do Sindicato dos metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo acabou se tornando um "laboratório" para outros experimentos.

Enquanto fazia seu discurso, o ex-presidente Lula chegou a interromper uma fala e comentou nos bastidores a ausência de vários membros do partido, inclusive alguns que moravam "ali pertinho". Segundo um interlocutor que não quis se identificar, ficou claro que "os ausentes" estavam dando um recado bem claro: não se sentem mais a vontade no partido e já começaram a tentar se dissociar da imagem negativa que a legenda passou a ter perante o eleitorado.

"fica difícil combater esta narrativa de o partido é uma organização criminosa com tantos nomes de peso presos ou envolvidos nas investigações da Lava Jato, incluindo o presidente Lula", disse um parlamentar do interior de São Paulo. "O PT não é só isso. Tem muita gente boa no partido que está pagando um preço muito alto por permanecer aqui! Tem muita gente que não saiu ainda apenas por uma falta de definição das eleições regionais para governadores. Mas na hora que o quadro sucessório começar a se desenhar no estados, não vai sobrar ninguém no PT. Já há muita conversa em andamento e, independente da prisão de Lula ou não, o pessoal já definiu que vai sair!"

O raciocínio do petista faz sentido. Muitos não se precipitara para outros partidos apenas por uma questão estratégica. Não adianta se filiar ao partido A ou B sem saber o que acontecerá na disputa pelos governos dos estados nas eleições de 2018. O fato é que o PT já amargou uma das maiores derrotas de sua história nas últimas eleições municipais. De lá para cá, a situação do partido perante o eleitorado só fez piorar. "A probabilidade de que o PT não consiga eleger nenhum governador em todo o país é gigante. Quem contempla uma carreira política tem que ser realista. As relações permanecem. Se é para perder a eleição de qualquer jeito, é melhor ser derrotado em outro partido. Quem é maluco de ficar defendendo o Lula e o PT, enquanto o brasil inteiro está enfeitiçado pelo juiz Moro? Isso não é coro de descontente. É fato!", disse outro parlamentar petista de Minas Gerais, durante o velório da ex-primeira dama. 
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget