\imprensa Viva
.

Objetos roubados por Lula valem mais de R$ 20 milhões. Petista levou o que não devia e deixou apenas 1,58% com a União



Os presentes oferecidos por Lula a chefes de Estado foram adquiridos com o dinheiro do contribuinte.  Durante sua visita a rainha Elizabeth 2ª em março de 2006, por exemplo, Lula presenteou a rainha da Inglaterra como uma escultura do artista Zé Bento e uma coleção com cinco volumes sobre as obras do pintor Cândido Portinari. Na ocasião, o petista recebeu em "troca", um par de cálices de prata, e a primeira-dama, uma caixa de jóias com pérolas suíças. De acordo com o Tribunal de Contas da União, estes objetos deveriam ter sido imediatamente incorporados ao Patrimônio da União, mas não foi isso que aconteceu. Nem com este nem com outros milhares de presentes que Lula recebeu em cerimônias de "trocas" de presentes no Brasil e em viagens ao exterior.

Fontes ligadas ao Palácio do Planalto confirmam que o ex-presidente Lula exerceu pressão para receber a maior quantidade possível de presentes de qualquer representante do governo a trabalho no exterior. A ordem valia para membros de todos os escalões de representações fora do Brasil.

A preferência de Lula era por bebidas, vinhos e iguarias extremamente caras, como caviar iraniano, trufas, de preferência negras e queijos nobres. No entanto, os "convocados" a comprar os presentes eram informados que a possibilidade de "surpreender" o presidente estava aberta.

A quantidade de vinhos e iguarias era tão absurda, que foi necessária a contratação de caminhões climatizados para transportar esta categoria de "presentes"

Lula também "acumulou um volume gigantesco de presentes" em suas viagens internacionais. Segundo dados do Governo, o ex-presidente fez, em seus oito anos no poder, 252 viagens ao exterior para participar de 84 cúpulas, além de outras 168 visitas a outros países.

Não satisfeito com o que já havia cumulado, Lula aumentou o número de viagens ao exterior na reta final de seu mandato. As embaixadas do Brasil no exterior recebiam ligações do Planalto informando que o então presidente “esperava receber de presente” algumas caixas de vinhos especiais, cuja lista era em seguida enviada.

Embaixadores do Brasil confirmaram, pedindo anonimato, que recebiam o “pedido” do Planalto como um ultimato. Outros diplomatas interpretaram os pedido de Lula como uma “oportunidade de agradecer” o posto que ocupavam no exterior.

Lula deixou o Alvorada com 1.403.417 itens em 11 caminhões. Sua esposa, Marisa Letícia, exigiu da empresa de mudanças Granero “cuidado redobrado” com a adega de Lula

Foram necessários 11 caminhões da Granero, que levou parte da "mudança" para São Bernardo (SP), e outra parte para o Sitio em Atibaia, no início de 2011.  O acervo de vinhos de Lula possui exemplares de praticamente todos os cantos do mundo. Sua adega é considerada uma das mais valiosas de todo o País.

Relatório de Fiscalização do Tribunal de Contas da União (TCU) indicou que apenas 1,58% dos itens recebidos por Lula, durante os dois mandatos como presidente, foram incorporados ao Patrimônio da União. O TCU entende que os presentes dados por Lula a outros chefes de Estado e visitantes do Palácio do Planalto são adquiridos com dinheiro do contribuinte. Logo, todos os presentes que recebeu mediante a oferta de outros, também deveriam ser incorporados ao Patrimônio da União, o que definitivamente não aconteceu durante toda a gestão do petista.

A lei é clara quanto ao destino dos objetos. Ex-presidentes podem levar consigo ao final de seus mandatos apenas objetos estritamente pessoais, como cartas, fotos, roupas íntimas e remédios. Lula ignorou completamente as regras da moralidade pública e levou cerca de 130 objetos de ouro que podem valer juntos mais de R$ 20 milhões. O nome disto é roubo, segundo especialistas do TCU.

Ainda de acordo com os dados do TCU, Entre os presentes considerados "caros" ao povo, foram 568 itens recebidos e nove destinados ao Patrimônio da União. O relatório afirma que nenhum deles pode ser caracterizado como presente a Lula e, por isso, em consonância com os princípios da moralidade, legitimidade e razoabilidade, todos devem ser  restituídos ao povo.
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget