\imprensa Viva
.

O Brasil já derrotou o PT de Lula e Dilma. 2018 será o momento de terminar o serviço e recomeçar um novo país



A ex-presidente Dilma Rosseff e o PT começaram a ser removidos do poder durante as manifestações de junho de 2013. Foram as maiores mobilizações espontâneas da história do Brasil e chegaram a contar com até 84% de simpatia da população. Embora o PT tenha conseguido cooptar blocos de baderneiros como os Black Blocs que se infiltraram nas manifestações, o estrago já havia sido feito quando milhões de pessoas saíram as ruas para pedir o fim da corrupção.

Foram aquelas manifestações espontâneas, com pessoas de todas as idades e de todas as classes sociais, que fizeram com que o povo voltasse a acreditar no poder e na força da mobilização da sociedade. Embora o PT tenha apostado todas as suas fichas numa eleição suja, irrigada por dinheiro roubado da Petrobras e Dilma tenha vencido o pleito com mentiras abomináveis, ela, Lula e o PT já estavam acabados.

A sociedade já havia declarado guerra ao PT e a toda a corrupção que o partido passou a representar desde que chegou ao poder, dez anos antes. De nada adiantou vencer a eleição na base do tudo ou nada em 2014. Logo, até mesmo os que votaram em Dilma perceberam que foram enganados por ela, por Lula e pelos petistas.

Mas tinha que ser assim. Foi bom para o país saber que Dilma e o PT mentiram sobre a situação das contas públicas. Foi bom para os cerca de 12 milhões de trabalhadores reconhecer que perderam seus empregos graças aos desmandos, a incompetência e à corrupção de Dilma, Lula e companhia. Com isso, milhões que votaram na petista se juntaram aos outros milhões que já haviam se desencantado com o PT há muitos anos e juntos, todos foram para as ruas exigir o impeachment.

Apavorados com o tremor do chão das ruas, os membros do Congresso reconheceram que era hora de ouvir a voz do povo. Foi uma batalha longa, mas o PT foi finalmente expulso do poder, junto com seus ministros corruptos e os milhares de militantes que aparelhavam os órgãos públicos e estatais.

Mas esta foi apenas uma batalha vencida. Boa parte dos membros do governo é composta por ex-aliados dos governos de Lula e Dilma. Boa parte do Congresso, entre senadores e deputados federais, se serviu dos esquemas de corrupção e financiamentos ilícitos de campanhas patrocinados pelo PT. Eles ainda estão todos lá em Brasília.

A sociedade deve permanecer atenta e vigilante até as próximas eleições. Será o momento de terminar o serviço, renovando a classe política com a escolha de nomes novos, de pessoas sem vínculo com a cultura da corrupção que tem imperado no Brasil ao longo de séculos. Muitos oportunistas irão se apresentar em pele de cordeiro. Gente que foi conivente com a organização criminosa chamada PT e com os governos de Lula e Dilma, como Marina Silva e Ciro Gomes. Outras figurinhas carimbadas pela Lava Jato, tanto da esquerda quanto da direita, também devem surgir como salvadores da pátria. É bom ficar alerta e fazer o possível para terminar o serviço começado em 2013. A praga da corrupção é algo difícil de ser combatida. Que em 2018, o Brasil consiga se livrar pelo menos da escória que ainda está ai. Será um grande avanço. 
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget