\imprensa Viva
.

Lula volta a culpar Moro pela morte de Marisa, chama juiz de canalha e exige pedido de desculpas em nome da mulher



O ex-presidente voltou a atacar o juiz federal Sérgio Moro e os procuradores do Ministério Público Federal na Lava Jato em seu discurso durante o Velório do corpo de sua mulher, Marisa Letícia, no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC paulista.

O petista alegou que Marisa “morreu triste” pela “canalhice” e “maldade” que fizeram com ela e cobrou um pedido de desculpas formal dos integrantes da força-tarefa da Lava Jato. “Quero que os facínoras que levantaram leviandades contra ela tenham um dia a humildade de pedir desculpas.”

Vaidoso ao extremo, o petista, que cuida de sua saúde e e costuma se gabar em palanques que corre dez quilômetros todos os dias, afirma que vai viver muitos anos. Mas segundo pessoas ligadas a família, nunca se preocupou com a saúde da mulher, que costumava dormir muito pouco. Marisa acordava todos os dias as cinco horas da manhã, independente da hora que fosse dormir. Diabética, hipertensa e diagnosticada com um aneurisma cerebral há mais de dez anos, Marisa bebia, fumava, era sedentária e não mantinha nenhuma dieta alimentar mais saudável. A negligência da família em relação à ex-primeira dama sempre foi motivo de queixas de parentes de Marisa.

No entanto, no lugar de reconhecer que foi egoísta e que sempre sobrecarregou a mulher com problemas da casa e até mesmo a envolveu em seus ilícitos, o ex-presidente Lula prefere "capitalizar" com a morte da esposa e usa o fato como arma política para tentar desqualificar o juiz Sérgio Moro e a Lava Jato. 
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget