\imprensa Viva
.

Lula fez com a família o que fez com a pátria: promoveu crimes, semeou desordem, discórdia e infelicidade



O ex-presidente Lula e diversos petistas tentaram atribuir a morte da ex-primeira dama Marisa Letícia ao juiz Sérgio Moro e as pressões sofridas pelas investigações contra a família pela Operação Lava Jato. Nem membro do PT veio a público esclarecer que D. Marisa tinha um aneurisma cerebral há mais de dez anos, que era hipertensa, diabética e sedentária. Para piorar a situação, a mulher de Lula fumava e bebia. Sobretudo nos últimos meses.

Mas as tristezas recentes de D. Marisa não foram obra da Lava jato. A ex-primeira dama vinha enfrentando uma série de problemas em sua família, como a recusa de seu filho mais velho, Marcos Cláudio, em tratar um problema de depressão após a derrota na reeleição para a Câmara Municipal de São Bernardo do Campo, em outubro. Marisa se emprenhou pessoalmente na campanha do filho. Foi para as ruas distribuir santinhos e pedir votos no centro da cidade várias vezes. Não teve jeito. Quando Lula entrou para ajudar na campanha, parece que a situação piorou e o rapaz, nascido em São Bernardo e filho do  primeiro marido de Marisa, não conseguiu se eleger vereador.

A ex-primeira dama também enfrentava problemas com a ida de seu caçula, Luiz Cláudio Lula da Silva, para o Uruguai. Alvo da Operação Zelotes, Luleco andava meio "descabeçado" e queria passar algum tempo fora do Brasil. A dor de Marisa com a partida do filho, seu xodó, foi insuportável.

A família de Marisa estava completamente desestruturada nos últimos meses. Praticamente sozinha em casa,  não se sabe o quanto ela fumava e bebia devido a ansiedade. Seu filho Fábio Luiz também enfrentava problemas com os negócios e enfrentava uma fase difícil em sua  situação conjugal. A esposa de Lulinha também não estava se dando bem com Marisa nos últimos meses.

Talvez os processos que havia se tornado ré por ter assinado documentos comprometedores a mando do marido tenham sido os menores problemas de Marisa nos últimos dias de vida. Com tanta pressão, tristeza e abandono, a ex-primeira dama acabou sucumbindo à um AVC no último dia 3 de fevereiro. O fato de Lula por ter tratado sua família como tratou o Brasil e o PT, tendo envolvido a mulher e os filhos em uma série de crimes, pode ter precipitado o trágico fim da ex-primeira dama.

Fonte: Jornal da Cidade

_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget