\imprensa Viva
.

Lula e PT fracassam ao tentar mobilizar militantes para protestar contra a Lava Jato e o juiz Sérgio Moro



O ex-presidente Lula tem feito de tudo para conseguir mobilizar a militância para atos em sua defesa e em defesa de seu partido, o PT. Mesmo recorrendo aos jornalistas de aluguel que tentam de todas as formas colocar parte da população contra o juiz Sérgio Moro e a Lava Jato, Lula e o PT estão encontrando dificuldades em aglutinar simpatizantes dispostos a assumir publicamente qualquer ataque contra a equipe da força-tarefa baseada em Curitiba.

O petista e a cúpula do PT reconhecem que está cada vez mais difícil sustentar a narrativa de que Lula é inocente e de que o juiz Moro é um perseguidor implacável, movido por um desejo pessoal de destruir o partido e seu líder máximo.

A situação de Lula e do partido piorou nos últimos dias, após vários petistas históricos como Tarso Genro, Eduardo Suplicy e o senador Humberto Costa virem a público admitir que o partido se manteve no poder nos últimos anos graças ao uso de dinheiro roubado do contribuinte. Humberto Costa chegou a afirmar que está na hora do PT pedir desculpas à sociedade.

A afirmação do senador petista caiu como uma bomba no partido, pois ela contradiz tudo que Lula tem dito nos últimos meses e dificulta ainda mais a mobilização da militância em favor de Lula e do partido. O petista tem apelado para o líder do MTST, Gulherme Boulos, para inchar os atos do partido com seus seguidores. Entretanto, estes "recursos" estão limitados a capital de São Paulo, onde o o movimento controlado por Boulos está concentrado.

Outro problema é que o PT perdeu as principais prefeituras que detinha em todo o país e não conseguiu eleger nenhum prefeito de capital nas últimas eleições, exceto no Acre. Não há mais máquina pública nem os tradicionais ocupantes de cargos comissionados que ajudavam e compareciam nos palanques montados para Lula, sobretudo nas capitais do nordeste, mais uma região onde o PT não elegeu nenhum prefeito.

Integrantes da cúpula do PT estão cada vez mais apavorados com o avanço da Lava Jato sobre Lula e o poder de mobilização cada vez mais anêmico do partido. Segundo um dos dirigentes do PT em São Paulo, os dois fatores estão convergindo de forma inexorável para um desfecho nada favorável a Lula e ao partido. "Se este era o plano do Moro, ele está conseguindo levar a cabo direitinho"

"Esse negócio de atacar a Globo, de chamar o Temer de golpista e toda a narrativa que foi construída ao longo dos últimos meses não está mais funcionando. Nem as pesquisas que mostraram o Lula na frente dos outros candidatos tem animado a militância. Nós literalmente chegamos ao fundo do poço", disse o dirigente petista durante uma conversa franca num bar próximo ao diretório do PT em São Paulo.
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget