\imprensa Viva
.

Lindbergh é condenado a pagar R$ 1,3 milhão. Senador tentou dar calote em empresa que prestou serviços à sua campanha



O senador petista Lindbergh Farias foi condenado a pagar uma dívida de cerca de R$ 1,3 milhão contraída junto Editora Livre Cultura, empresa que prestou serviços à sua campanha na eleição para governador do Rio de Janeiro em de 2014.

Sem receber pelos serviços prestados ao petista, a empresa já vinha cobrando a dívida na Justiça desde 2015. Segundo a empresa, os serviços prestados a  Lindbergh compreendia a gestão de redes sociais, do site de campanha, produção de TV web, peças de marketing e relacionamento virtual com eleitores.

Lindbergh já havia sido sentenciado no ano passado por pura negligência sua e do diretório do PT no Rio, que não providenciou nenhum advogado para acompanhar o caso.

Segundo o colunista Lauro Jardim, do GLOBO,  "Os desembargadores desconsideraram o recurso de Lindbergh, que alegou não ter sido notificado sobre o processo e mandaram publicar um acórdão da 7ª Câmara Cível do Rio de Janeiro.

Os desembargadores concluíram que a defesa do PT era inconsistente, já que o documento de citação para o primeiro julgamento foi enviado e recebido no Senado".
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget