\imprensa Viva
.

Gilberto Carvalho ameaça guerra se prenderem Lula. Só se for com meia dúzia de mortadelas remunerados



O ex-ministro petista Gilberto Carvalho deixou escapar esta semana a apreensão que ronda o PT com a eventual prisão do ex-presidente Lula, uma preocupação que assola toda a cúpula do partido nos últimos dias que antecedem a revelação da delação dos 77 executivos do Grupo Odebrecht.

Prevendo o aprofundamento do desgaste na imagem do partido e o esgarçamento da narrativa do ex-presidente Lula, Carvalho apelou logo para o campo da ameça e afirmou em entrevista ao jornal Valor que o PT vai deflagrar uma “guerra” caso o ex-presidente Lula seja condenado pela Justiça em algum dos diversos processos nos quais é réu.

Diante da incapacidade de comprovar a inocência do petista e receosos de que os membros da Lava Jato tenham conseguido um feito diametralmente contrário, comprovar os crimes de Lula, o ex-presidente, seus advogados de defesa e o pouco que restou do partido ensaiam o próprio desespero com ameaças diretas contra as autoridades.

O problema é que todos no PT reconhecem que a militância foi completamente desmobilizada nos últimos meses, desde o acirramento das denúncias criminais contra Lula e a promessa de revelações devastadoras sobre Dilma e outros membros do partido contidas na mega delação da Odebrecht.

Os petistas do Brasil foram todos humilhados pelas mentiras e pelos crimes cometidos por Lula, que até certo ponto, conseguiu convencê-los a defendê-lo nas ruas. Agora que a ficha caiu, praticamente ninguém, exceto os 'mortadelas remunerados', ousaria sair em defesa do PT de Lula e Dilma nas redes sociais, que dirá nas ruas. 
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget