\imprensa Viva
.

Fraude ambulante. Eike Batista tinha petrolífera que não extraiu petróleo e mina que não produziu um grama de ouro



A máscara de Eike Batista fabricada com a ajuda do PT começa a cair aos poucos. O ex-bilionário que vendeu bilhões em ações de uma petrolífera sem extrair uma gota de petróleo alegou ser dono de 100% de uma mina de ouro na Colômbia. Mas conforme reportagem exibida pelo Fantástico deste domingo, a tal mina não chegou a produzir nem um grama de ouro.

Segundo a reportagem, Eike comprou a mina através de uma operação suspeita apenas para repassar uma propina de US$ 16,5 milhões de dólares, R$ 55 milhões no câmbio de hoje, ao ex-governador do Rio, Sérgio Cabral.

O empresário teria criado uma empresa, a AUX, para forjar um contrato fictício com objetivo de pagar a quantia, no exterior, a Sérgio Cabral. A empresa não existe na Colômbia desde 2015. Os novos donos do local têm origem em Abu Dhabi, capital dos Emirados Árabes Unidos.

Que Eike Batista é um embusteiro de marca maior, a Polícia Federal já sabe. O que as autoridades querem descobrir agora é qual teria sido a contrapartida oferecida por Cabral em troca da propina. A suspeita é a de que o ex-governador teria entregue um terreno avaliado em R$ 1.2 bilhão a Eike pela bagatela de R$ 40 milhões.

O ex-bilionário foi citado por Dilma e Lula como um grande exemplo de empresário para o Brasil. 
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget