\imprensa Viva
.

Edson Fachin manda a PF para cima do PT e PMDB com a Operação Leviatã no esquema de propina petista em Belo Monte



O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin, expediu os seis mandados de busca e apreensão relativos a nova fase da Operação Lava Jato, batizada de Leviatã. Esta é a primeira fase da Operação sob o comando de Fachin, o sucessor de Teori Zavascki na relatoria dos processos da Lava Jato no Supremo.  Como relator da Lava Jato no Supremo, cabe a Fachin autorizar operações contra parlamentares e ministros, que têm prerrogativa de foro junto ao STF.

A Operação autorizada por Fachin desta quinta-feira tem como alvos Marcio Lobão, filho do senador Edison Lobão (PMDB-MA), e o ex-senador Luiz Otávio Campos (PMDB-PA), além de outros nomes mantidos em sigilo pelos investigadores, pois o caso tramita em segredo de Justiça. Neste caso, é possível que o próprio Edison Lobão seja um dos alvos da Operação.

A Operação investiga o pagamento de propinas de 1% ao PT e PMDB nas obras da usina hidrelétrica de Belo Monte, no Pará. Os mandados estão sendo executados no Rio de Janeiro, Belém e Brasília nas residências e nos escritórios de trabalho dos investigados, disse a PF.

"Entre os alvos da operação de hoje estão os principais envolvidos no esquema de repasse de valores aos agentes políticos, que seriam o filho de um senador da República e um ex-senador ligado ao mesmo grupo político", disse a Polícia Federal.

"Os investigados, na medida de suas participações, poderão responder pelos crimes de corrupção, lavagem de dinheiro e organização criminosa."

Fachin tem profundo conhecimento sobra a investigação dos esquemas de corrupção do PT e PMDB em Belo Monte, Antes de se transferir para a Segunda Turma, ministro cuidava da relatoria do caso no Supremo. 
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget