\imprensa Viva
.

Dilma foi demolida por Janot. PGR avisa TSE que há mais cinco delações que confirmaram propina para a petista



A ex-presidente Dilma Rousseff já enfrentava sérios problemas no Tribunal Superior Eleitoral, TSE, com a descoberta das gráficas fantasmas, uso de laranjas e as malas de dinheiro que circulavam na ponte aérea São Paulo/Brasília.

A situação da petista, que deve descambar para inquéritos criminais na Justiça comum acabou se complicando ainda mais nesta quarta-feria. O procurador-geral da República, Rodrigo Janot avisou o ministro do TSE, Herman Benjamin sobre a existência de cinco delatores do Grupo Odebrecht que denunciaram novos esquemas de propinas no caixa de campanha de Dilma.

O procurador, que já analisa os 900 depoimentos na delação de 77 executivos da Odebrecht, informou a ministro do TSE os executivos Marcelo Odebrecht, Alexandrino Alencar, Benedicto Júnior, Cláudio Melo e Fernando Reis confessaram repasses de dinheiro roubado da Petrobras para a campanha de Dilma.

O entendimento do TSE aponta Dilma como a responsável direta pelos eventuais crimes eleitorais, já que foi a petista que assinou todas as declarações e prestações de contas de suas campanhas de  2010 e 2014. As informações fornecidas pela PGR ao ministro do TSE, Herman Benjamin, responsável pela investigação contra Dilma, servem para instruir a ação AIJE 1943-58 referente ao inquérito contra a petista na Corte.


Com informações do Jota

_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget