\imprensa Viva
.

De olho nas eleições, Marina Silva nega solidariedade ao seu padrinho político e evita velório de Dona Marisa


Uma das grandes ausências no velório da ex-primeira dama foi a da ex-petista Marina Silva. Atualmente pré-candidata da REDE, ex-senadora e ex-ministra do governo Lula achou melhor não comparecer ao velório de Marisas realizado no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo (SP), para não atrelar sua imagem ao PT.

O problema é que Marina, que está ausente em todos os grandes temas nacionais, exceto quando o assunto é concorrer ao cargo de presidente, tem tentado se desvencilhar de Lula e do PT, mas teve todo a sua trajetória política tutelada pelo ex-presidente. Sem Lula,  Marina não seria nada.

A ex-petista perdeu uma bela oportunidade de encontrar vários de seus ex-colegas de partido. Marina fez parte do PT durante 24 anos e foi ministra do governo Lula durante praticamente os dois mandatos, período que reinou o mensalão e o petrolão, o conhecido esquema criminoso do PT na Petrobras. Marina chegou a receber doações de empreiteiros investigados na Lava Jato e até mesmo do ex-bilionário Eike Batista.

Ao deixar de prestar suas condolências ao seu padrinho político, coisa que até seus adversários fizeram, como o ex-presidente Fernando Henrique e o presidente Michel Temer, Marina demonstra ser capaz de qualquer gesto em nome de sua sede de poder. Negar seu passado, suas raízes petistas, sua amizade e conivência com Lula e demais petistas ao longo de décadas é algo vergonhoso. 
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget