\imprensa Viva
.

De humilde, Lula só tem a origem. Soberba e arrogância sempre foram seus maiores predicados



O velório da ex-primeira dama Marisa Letícia contou com algumas presenças curiosas. Um dos leitores do Imprensa Viva Lula esteve no local e conversou com várias pessoas.  Um dos presentes entre a multidão que foi se despedir da D. Marisa chamou logo a atenção. Um senhor de cerca de 70 anos, mas bem forte, se aproximou para pedir o isqueiro emprestado.

O homem acendeu o cigarro e, sem mais nem menos, começou a falar mal de Lula. Com o gravador do celular ligado, o intrépido aspirante a correspondente gravou um trecho da conversa e a transcreveu abaixo.

"São nas nas entrelinhas de seus predicados que se conhece o Lula. O cara vive se gabando de seus feitos. Sempre foi assim, desde muito novo. Esta mania de exaltar seus feitos enquanto criticava o trabalho dos outros pode até ter ajudado ele a chegar aonde chegou".

As justificativas escandalosas são outro hábito do Lula que sempre incomodou as pessoas de suas relações. Ele sempre quis ter razão em tudo, estando certo ou errado. Sempre que era confrontado, sua primeira atitude era espernear. Aos berros, tentava reverter situações desfavoráveis. Mas como todo embusteiro, logo partia para a contemporização, para o deixa disso, sabe como é. Com as mãos no ombro da pessoa, reconhecia alguma falha e tentava contornar a situação mediante um entendimento qualquer, barato. Quando a pessoa se dava por vencida e ia embora, ele dizia: Filho da Puta!"

Segundo o velho sindicalista da região do ABC, e bem chateado com o petista por sinal, estas são as características mais marcantes do ex-presidente. Segundo o "quase" familiar de longa data, Lula sempre foi visto como um bom mediador, mas apenas em situações em que tinha a certeza de que teria algo a lucrar com os dois lados. Quando não existia esta possibilidade, ele se declarava logo inimigo da outra parte.

"Ele me chamava de barrigudo, mas tinha uma pança bem maior que a minha naquele tempo. Eu não estou falando isso por que ele me negou algo, pois eu nunca lhe pedi nada. Mas não acho certo as pessoas que ficam repetindo que o Lula é uma pessoa humilde. Ele dá uma de humilde quando fala com bacana, com gente influente ou quando está em campanha. Mas no dia a dia, no trato com as pessoas, de humilde ele não tem nada!  Aquilo é soberba pura! O que você diz de uma pessoa que vive se gabando dos ternos, dos Whisky e dos aviões que nem são dele? ", diz o homem que diz que deu apenas uma passadinha no velório de D. Marisa Letícia no último dia 4, no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo.

"A Marisa sim era um mulher humilde e quando falava errado, todo mundo tinha certeza que não era proposital. Se ela chegou a ter um lado ruim, que Deus a tenha, pode ter certeza que pegou do Lula". 
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget