\imprensa Viva
.

Cunha diz a Sérgio Moro que também tem um aneurisma cerebral igualzinho ao da mulher de Lula e pede para ser libertado



O ex-deputado Eduardo Cunha prestou depoimento nesta terça-feira, 07, ao juiz federal Sérgio Moro em Curitiba e tentou dar uma aula de trust ao magistrado, numa tentativa de explicar a movimentação de milhões de dólares em suas contas no exterior.

Feito uma lontra ensaboada na beira do rio, Cunha falou até a garganta secar, apegado a sua convicção de que não fez nada de errado, mesmo admitindo que nunca declarou os valores movimentados no exterior à Receita Federal.

Cunha negou que tenha tido alguma responsabilidade na indicação do ex-diretor da Petrobras, Jorge Zelada, condenado a 12 anos e dois meses de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. O ex-deputado citou o presidente Temer e alegou que a indicação coube ao PMDB como um todo nas negociações com o governo Lula envolvendo a distribuição de cargos em troca de apoio político e de votos favoráveis à aprovação da CPMF.

Por fim, Cunha pediu que fosse colocado em liberdade, alegando que também tem um aneurisma cerebral igualzinho ao da ex-primeira dama Marisa Letícia, que faleceu nos últimos dias após ter sofrido um AVC. "Aproveito até a oportunidade para prestar minha solidariedade à família pelo passamento", disse cunha em seu depoimento.

Cunha alegou que o presídio em que está detido não possui a "menor condição de atendimento se alguém passar mal" e afirmou ser vítima de um processo político, informando logo em seguida que sua defesa deverá entra com um pedido solicitando a sua soltura. 
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget