\imprensa Viva
.

Após funcionar como puxadinho do PT, PCdoB quer se descolar do partido mais corrupto da história do Brasil



O PCdoB foi o primeiro partido da esquerda brasileira a anunciar o rompimento com o PT nas próximas eleições majoritárias. Após 37 anos atuando como um "puxadinho" de Lula e do PT, o Partido Comunista do Brasil planeja apresentar candidato próprio nas eleições presidenciais de 2018. É óbvio que, assim como outros partidos satélites do PT, a orientação interna do PCdoB mantém a postura de atuar como linha auxiliar de Lula, Dilma e companhia.

O partido foi apontado como recebedor de pelo menos 30% dos valores repassados pelo governo Dilma em projetos do Programa Minha Casa Minha Vida, em um esquema criminoso envolvendo construtoras. Segundo o delator Pedro Corrêa, os corruptos do PCdoB cobravam até 30% de propina por cada casa construída para famílias carentes. O ex-ministro Aldo Rebelo embolsava um terço do dinheiro sujo destinado aos comunistas no esquema.

E é justamente o mesmo Aldo Rabelo, ex-ministro do governo Dilma, o candidato "favorito" no partido para concorrer à Presidência em 2018. O partido, que apoiou a candidatura de Rodrigo Maia para a reeleição como presidente da Câmara dos Deputados, admite que está muito atrelado à imagem do PT de Lula e Dilma.

“Estamos com a avaliação de que vivemos uma fragmentação razoável no nosso campo político. E num ambiente desses de crise política, com fortes ares de crise institucional, como muita instabilidade, ao contrário de buscar um caminho na defensiva, avaliamos que vale muito a afirmação de um pensamento para o País”, afirmou a presidente nacional do PCdoB, a deputada federal Luciana Santos (PE).

_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget