\imprensa Viva
.

Sérgio Moro pode cancelar processo contra Marisa Letícia, caso ocorram sequelas após AVC


A mulher do ex-presidente Lula, Dona Marisa Letícia, pode deixar de responder pelos crimes pelos quais é acusada em dias ações penais na Lava Jato, caso ocorram sequelas decorrentes do derrame cerebral sofrido pela ex-primeira dama na última terça-feira (24).

Desde então, a mulher de Lula é mantida em estado de coma barbitúrico (através da administração de medicamentos). A equipe médica que acompanha o caso informou que ainda não é possível avaliar se ouve dano cerebral, embora o risco neste caso seja elevado.

A ex-primeira-dama Marisa Letícia Lula da Silva, 66, sofreu um AVC (Acidente Vascular Cerebral) e precisou ser submetida a um procedimento complexo, com a abertura do crânio.  Casos como este podem deixar sequelas graves ou não, dependendo do tamanho, localização e extensão do sangramento se houver ruptura. Estudo brasileiro recente mostrou que pouco mais da metade dos pacientes que sofreram hemorragia subaracnóide (pela ruptura do aneurisma) apresentam sequelas, dentre elas: óbito.

Em um cenário em que ocorra algum dano irreversível em virtude do AVC, o juiz Federal Sérgio Moro pode considerar a extinção dos processos que tramitam contra Marisa, ou até mesmo a extinção da punibilidade da ré. Neste caso, o juiz pode determinar diligências, solicitar laudos médicos e novos exames que comprovem a gravidade da condição da paciente.

A mulher do ex-presidente Lula continua em coma induzido na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital  Sírio-Libanês, em São Paulo.
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget