\imprensa Viva
.

Qualquer medida judicial contra Lula deve ser suspensa em virtude do estado de saúde de sua esposa, Marisa Letícia


O ex-presidente Lula deve ser poupado de qualquer medida judicial nos próximos dias, em virtude do grave estado de saúde de sua esposa Marisa Letícia, que sofreu um AVC na tarde desta segunda feira, e se encontra internada na UTI do hospital Sírio-Libanês.

A adoção de critérios "diferenciados" por parte das autoridades já ocorreu durante a prisão do ex-ministro Guido Mantega, que chegou a ser detido detido durante a 34ª fase da Lava-Jato em setembro do ano passado. Na ocasião, Mantega acompanha a mulher em um procedimento no Hospital Albert Einstein, em São Paulo. Por considerar especiais as circunstâncias em que o petista foi detido, o ex-ministro teve sua prisão revogada pelo juiz Sergio Moro, que e determinou a soltura imediata de Mantega.

No caso do derrame sofrido pela ex-primeira dama Marisa Letícia, setores do PT já fizeram uso político do caso e atribuíram o derrame da mulher de Lula a pressões sofridas pelas investigações da Lava Jato. Tal comportamento é um indicativo claro de que qualquer medida contra Lula neste momento seria amplamente exploradas pelos aliados do petista para reforçar a narrativa de que o ex-presidente é alvo de uma implacável perseguição política no Brasil.


_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget