\imprensa Viva
.

PT teme lançar candidatura de Lula por receio do petista ser preso logo em seguida


O PT enfrenta um verdadeiro dilema interno sobre lançar ou não a candidatura do ex-presidente Lula à presidência da república. Setores do partido defender que antes de tudo, a legenda deve buscar formar uma ampla aliança com a esquerda do país. Apenas após isso, a legenda deveria consultar as bases sobre lançar ou não Lula candidato.

Apenas uma pequena parte do partido encabeçada pelo próprio Lula e o presidente nacional da legenda, Rui Falcão, insistem que a candidatura do petista serviria para "inibir" a Justiça de condená-lo em algumas das cinco ações penais que pesam contra ele. Com Lula candidato, segundo setores do partido controlados pelo ex-presidente, ficaria mais fácil sustentar a narrativa de que qualquer condenação se daria em virtude de perseguição política ao político.

Mas este argumento não convence boa parte dos dirigentes do partido. Muito menos os dirigentes de outros partidos da esquerda. Seria uma situação absurda formar uma aliança, se comprometer com a candidatura de Lula e, no meio do caminho, ocorra uma condenação que inviabilizaria a empreitada. Entre lançar candidato próprio, mesmo sem qualquer chance de vitória, e formar aliança com um candidato que corre o risco de ser preso em plena campanha, a maior parte dos ex-aliados de Lula e do PT preferem ficar com a primeira opção.

Nomes como o de Fernando Haddad e até mesmo do líder do Movimento dos Sem Teto, MSTS, Guilherme Boulos, estão sendo cogitados para substituir Lula na chapa a ser formada pelo PT. O petista está inconformado com o fato de ter seu nome preterido dentro de seu próprio partido. 
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget