\imprensa Viva
.

Nos próximos dias, Sergio Moro terá elementos para julgar Lula por recebimento de propina


O juiz federal Sérgio Moro retoma seus trabalhos no comando da 13ª Vara Federal de Curitiba, onde estão concentradas as investigações da Operação Lava Jato e já deve se deparar com novos elementos comprometedores contra o ex-presidente Lula.

O acordo de delação premiada de Marcelo Odebrecht, totalmente gravado em vídeo, deve ser homologado pelo Supremo Tribunal Federal já nos próximos dias. Entre as graves acusações contra o ex-presidente Lula, o executivo confirmou em seu depoimento que foram usados recursos roubados da Petrobras para a aquisição  de um terreno destinado ao Instituto Lula e uma cobertura no mesmo edifício onde mora o petista, em São Bernardo do Campo.

Os recursos, na ordem de R$ 23 milhões, foram abatidos na conta de propina mantida pela empreiteira para o ex-presidente Lula no departamento de operações estruturadas da empresa, uma espécie de sistema de controle de pagamentos de subornos a políticos.

Logo após a homologação do acordo, o depoimento do empreiteiro será imediatamente anexado ao inquérito que pesa contra Lula na Lava jato.Com base nos novos elementos, o juiz Sergio Moro estará apto ára julgar o recebimento de propina e a lavagem de dinheiro por parte de Lula neste processo.
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget