\imprensa Viva
.

Mulher de Lula teve aneurisma que pode deixar sequelas. Marisa Letícia está há mais de uma hora na mesa de cirurgia


A mulher do ex-presidente Lula, Marisa Letícia, está há mais de uma hora na sala de cirurgia do hospital Sírio-libanês, onde passa por um procedimento chamado arteriografia cerebral, que tenta estancar o sangramento do cérebro. Marisa teve um AVC no meio desta tarde de terça-feira, 24 e chegou a ser atendida em um hospital em São Bernardo. Diante do quadro grave, a mulher do ex-presidente foi transferida para hospital Sírio-Libanês.

O cardiologista Roberto Kalil Filho, médico da família Lula da Silva afirmou na tarde desta terça-feira, 24, que ainda não há previsão para a conclusão do procedimento, mas, assim que for encerrado, um boletim será divulgado com o quadro da ex-primeira-dama. O médico evitou dizer se o estado é grave, se haverá sequelas ou não, mas reconheceu que situações como essa "sempre são mais delicadas".

Kalil afirmou que Marisa teve um aneurisma, uma dilatação na artéria do cérebro seguida de um rompimento e do sangramento. Segundo o médico, não previsão para o término do procedimento ao qual Marisa está sendo submetida.

O quadro de Marisa Letícia se agravou no início da noite desta terça-feira, segundo Eduardo Guimarães, um amigo da família. O cateterismo não teria funcionado e, agora, a equipe médica estaria partindo para um procedimento mais agressivo: uma intervenção direta na área afetada do cérebro.



Os aneurismas cerebrais podem deixar sequelas graves ou não, dependendo do tamanho, localização e extensão do sangramento se houver ruptura. Estudo brasileiro recente mostrou que pouco mais da metade dos pacientes que sofreram hemorragia subaracnóide (pela ruptura do aneurisma) apresentam sequelas, dentre elas: óbito.
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget