\imprensa Viva
.

Mulher de Lula tem AVC e é internada no Sírio-Libanês, após ser despejada de imóvel comprado com dinheiro roubado


A mulher do ex-presidente Lula, dona Marisa Letícia Lula da Silva, vinha se queixando de um mal estar desde que o juiz federal Sérgio Moro ordenou o sequestro do apartamento 121 do Edifício Hill House, em São Bernardo do Campo, vizinho ao 122 onde ela mora. Marias usava o imóvel desde 2003, quando Lula foi eleito presidente pela primeira vez. Após deixar a presidência, a cobertura foi comprada para uso do casal com dinheiro desviado da Petrobras em um esquema que envolveu o primo do amigo de Lula, José Carlos Bumlai e a empreiteira Odebrecht.

Consternada, Marisa acabou não resistindo a angústia.  Ela sofreu um Acidente Vascular Cerebral (AVC) por volta de 15h15, em sua casa, em São Bernardo do Campo, nesta terça-feira, 24. A mulher de Lula foi internada no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, na tarde desta terça-feira (24). Segundo a assessoria de imprensa do hospital, dona Marisa foi transferida para o local depois de sofrer um AVC (Acidente Vascular Cerebral).

Ela está na sala de emergência do hospital onde passa por uma complexa cirurgia que envolve a abertura do crânio. De acordo com informações preliminares, seu estado é grave. O ex-presidente Lula já está no local. O Instituto Lula, por meio de sua assessoria de imprensa, diz que por ora não tem nada a comentar sobre o caso. Segundo pessoas próximas ao ex-presidente Lula, Marisa vinha reclamando nas últimas semanas de picos de pressão alta.

A Gota d'água teria sido a descoberta dos esquemas usados para a aquisição de uma cobertura usada pela família. Em outra ocasião, quando foram divulgadas as conversas sigilosas entre Lula e a ex-presidente Dilma Rousseff  em março de 2016, Marisa também foi internada às pressas no Hospital Sírio-Libanês.

Dona Marisa é ré em duas ações penais, junto com o marido, na Operação Lava Jato. Eles respondem pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro em contratos firmados entre a Petrobras e a Odebrecht.

Segundo o Ministério Público, ele recebeu propina da empreiteira Odebrecht por intermédio do ex-ministro da Fazenda Antonio Palocci, que também virou réu na ação, ao lado do empreiteiro Marcelo Odebrecht, e outras cinco pessoas.

De acordo com a investigação, o dinheiro foi usado para comprar um terreno, que seria usado para a construção de uma sede do Instituto Lula (R$ 12,4 milhões), e um apartamento de cobertura vizinho  ao que mora a família Lula em São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo. O contrato de aluguel teria sido forjado em nome de Marisa, com sua conivência.

_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget