\imprensa Viva
.

Militante joga a toalha com o PT. Nem o partido nem Lula tem nada de novo a oferecer ao país.


O militante do Partido dos Trabalhadores, Carlos Araújo, de Brasília, enviou um relato dramático sobre como se decepcionou com o partido e observou como a legenda se descaracterizou ao longo dos últimos anos em que esteve dentro e fora do poder.

"O que vimos com a ascensão de Lula em 2003 foi a realização de um sonho de muitas décadas. Os militantes e simpatizantes que conheço só não deram o grito sobre as alianças espúrias e a mudança no comportamento dos ídolos petistas devido ao entusiasmo com o fato de o partido ter finalmente alcançado seu maior objetivo", diz Araújo.

De lá para cá, virou ou um Fla x Flu, onde a maioria dos petistas torciam pela vitória do partido apenas por uma questão ideológica, mas muitos sentiam que o PT já não representava mais os ideais da esquerda. Os membros do partido foram se tornando iguais aos outros, muito identificados com o dinheiro e o poder. Diziam que isso era algo natural quando se chega ao poder, mas na verdade todos acabaram se vendendo barato e abrindo mão de suas ideologias em troca de dinheiro sujo"

Araújo conta que fez questão de comparecer ao último Congresso Nacional do PT, em em São Paulo esta semana justamente para tentar renovar suas esperanças no partido ao qual é filiado desde os anos 90. Segundo o militante, "foi uma decepção profunda poder constatar que nem Lula nem o PT têm nada de novo para oferecer aos seus seguidores. Me senti arrasado enquanto tentava colocar algum sentido no que o Lula dizia, mas percebi que ele estava tentando convencer alguém que não estava naquela plateia. Quando sugeriu que o partido precisa se concentrar nos movimentos sociais e sindicais para encontrar um novo rumo e afinar um novo discurso, compreendi que aquilo era apenas uma forma de tentar mobilizar novamente a militância, mas que ele, o Lula já tinha em mente o que fazer, independente da vontade dos militantes"

Segundo Araújo, Lula tem uma fórmula que nem ele mesmo acredita. Uma fórmula apenas populista, que não tem qualquer chance de voltar a funcionar nos dias de hoje e sob as atuais circunstâncias da economia.

"O PT está sem rumo e o Lula parece não acreditar mais em nenhum projeto de longo prazo para o país. Sua preocupação é literalmente apenas com o amanhã. Ninguém ali falou nada que faça algum sentido. Parecem que estão todos desesperados para retomar um poder intangível. Foi um circo do qual não quero mais fazer parte", disse Araújo em seu e-mail ao Imprensa Viva. O Agora "ex-petista" informa que não vai desistir de militar politicamente, apesar de seu desencanto com o PT.

"Eu entrei para o partido por acreditar que este seria o melhor caminho para transformar o Brasil, mas percebo agora que tudo que o PT fez virou pó. Foram treze anos erguendo castelos de areia, sem nada sólido, nada concreto para o povo."
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget