\imprensa Viva
.

Médico do Sírio-Libanês nega que Marisa estaria sem atividade cerebral, mas admite que seu estado é crítico



Os indicativos de que o estado de saúde da  ex-primeira-dama Marisa Letícia é muito preocupante persistem, após mais de 48 horas desde a sua internação na Unidade de Tratamento Intensivo do Hospital Sírio-Libanês.

A mulher de Lula já foi submetida a uma arteriografia cerebral (procedimento similar a um cateterismo) em razão do rompimento de um aneurisma continua entubada e em estado de coma artificial (mantido através da administração medicamentos).

Marisa tem ainda um catéter intracraniano mantido para medir a pressão cerebral e evitar novas surpresas desagradáveis sob o ponto de vista clínico. Segundo um dos médicos da equipe que acompanha o caso, não há nenhum indicativo de que Marisa estaria sem atividade cerebral, mas admitiu que seu estado é crítico. O sangramento foi debelado, mas ainda resta muito sangue no cérebro da ex-primeira-dama.

Seria difícil avaliar as condições do cérebro de Marisa neste momento, em que ela ainda está em coma induzido para dar um “descanso” à atividade cerebral. “Essas hemoragias são gravíssimas”, afirmou um outro profissional da equipe médica.
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget