\imprensa Viva
.

Marcelo Odebrecht, o ladrão, não poderá mais trabalhar nas empresas do grupo Odebrecht


O empresário Marcelo Odebrecht não poderá mais exercer nenhum cargo nas empresas do grupo, em virtude dos crimes confessados em seu acordo de delação premiada. O executivo agiu de forma deliberadamente criminosa, conforme ficou registrado nos arquivos que estão sendo analisadas no Supremo Tribunal Federal (STF) pela equipe do ministro Teori Zavascki, relator dos processos da Operação Lava Jato.

Além de Marcelo, outros 55 não poderão voltar a trabalhar nas empresas do grupo Odebrecht pelos mesmos motivos. Todos confessaram que, a mando do então presidente do grupo, atuaram em conjunto de forma claramente criminosa para distribuir propina em troca de benefícios para a empresa.

O ministro Teori Zavascki e sua equipe deverão analisar todos os depoimentos gravados em vídeo. Após a confirmação de que as delações cumpriram os requisitos conforme manda a lei, de espontânea vontade e assistidos por advogados, as delações serão homologadas pelo Supremo.

A partir de então, todas estas informações devem ser investigadas pelos procuradores do Ministério Público e Polícia Federal. Nos arquivos, Marcelo Odebrecht e outros executivos confirmam que, por razões óbvias, não haveria como montar um esquema tão gigantesco de corrupção sem a anuência dos ex-presidentes Lula e Dilma, do PT.
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget