\imprensa Viva
.

Mais 26 decapitados em rebelião em presídios no Brasil. Desta vez, no Rio Grande do Norte


Uma perícia perícia inicial realizada entre os mortos na rebelião da Penitenciária Estadual de Alcaçuz, no no Rio Grande do Norte, confirma um trágico saldo de 26 mortos, todos decapitados. O governo do estado confirmou a informação sobre o número de vítimas da rebelião iniciada na noite do sábado (14), mas que só foi controlada no domingo (15).

Segundo  diretor geral do Instituto Técnico-Científico de Perícia do Rio Grande do Norte (ITEP - RN), Marcos Brandão, dois dos corpos estão carbonizados e que, em perícia inicial, todos os mortos na rebelião encontram-se decapitados.

Ainda de acordo com Marcos Brandão, a perícia não encontrou sinais de bala, mas de ferimentos produzidos  com instrumentos perfuro-cortantes nos corpos das vítimas. Os corpos foram transportados e estão armazenados em contêiner frigorífico e começarão a ser identificados a partir da segunda-feira (16). A previsão para a realização de necrópsias e identificação completa de todas as vítimas é de 30 dias, de acordo com o diretor.

O secretário de Justiça e Cidadania do Rio Grande do Norte, Wallber Virgolino informou que lideranças do motim foram mapeadas e isoladas, e que na segunda-feira já devem acontecer transferências.

Esta já é a quarta rebelião com mortes que acontece dentro de presídios em 2017, em apenas 15 dias, com um saldo de mortos superior a 120 presos.

A razão suspeita para a rebelião no presídio do Rio Grande do Norte, que fica a 25 quilômetros da capital, Natal, seria um confronto entre duas facções: Primeiro Comando da Capital (PCC) e Sindicato do Crime RN. Mas governo do estado não confirmou a informação.

Especialistas em segurança são unânimes em afirmar que o descontrole do sistema prisional é decorrente de mais de dez anos sem investimentos na ampliação do número de vagas. Durante os últimos dez anos de governos do PT, a população carcerária do Brasil cresceu em mais de 85%. No mesmo período, os governos de Lula e Dilma cancelaram nada menos que 72 projetos de ampliação do sistema. 
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget