\imprensa Viva
.

Maior investigação sobre corrupção da história mundial paralisada. STF precisa dar uma resposta urgente à sociedade



O acidente que levou a morte o ministro do Supremo Tribunal Federal, Teori Zavascki, relator da Lava Jato na Corte, paralisou um dos maiores acordos de delação da história mundial. Segundo o Departamento de Justiça dos Estados Unidos, o caso de suborno envolvendo a Odebrecht e os governos dos petistas Lula e Dilma é o maior do mundo.

A Presidente do Supremo, ministra Cármen Lúcia deve, o quanto antes, se pronunciar sobre o que será feito sobre o assunto, já que o relator anterior, morto em um acidente aéreo na sexta-feira, 19, estava prestes a homologar o mega acordo de delação do Grupo Odebrecht.

Neste momento, mesmo tendo em vista a comoção pela morte do ministro Teori, existe um clima de grande expectativa em relação aos desfechos da delação da empreiteira, sobretudo nos casos em que são citados os ex-presidentes Lula e Dilma, além de outros políticos "ilustres".

O risco de prolongar os debates em torno da sucessão de Teori significa mais demora na homologação das importantes informações prestadas per 77 executivos do grupo, inclusive as de Marcelo e de seu pai, Emílio Odebrecht.

Os brasileiros estão fartos de tanta morosidade da Justiça e enojados com tanto escárnio de políticos notadamente corruptos.
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget