\imprensa Viva
.

Maia conta com o apoio de Eduardo Cunha, da prisão, e do PT para violar a constituição e se reeleger presidente da Câmara


Mais um golpe contra a população está em curso na Câmara dos Deputados. A Constituição proíbe a recondução do presidente da Câmara na mesma legislatura, mas o deputado Rodrigo Maia está pouco se lixando para a carta magna. Segundo fontes, a candidatura de Maia está sendo articulada por gente de todos os partidos, inclusive seu antecessor, Eduardo Cunha (PMDB-RJ) – hoje preso pela Lava Jato.

O deputado, que conta com o apoio desde o governo Temer até o PT, tem dito que outros partidos não devem acionar o Supremo Tribunal Federal (STF) sobre essa disputa e afirma que isso é uma “incoerência”, já que se trata de uma “questão interna” da Câmara.

Rodrigo Maia se reuniu a poucos dias com o petista Carlos Zaratini para tratar do apoio do PT à sua candidatura à reeleição à Presidência da Câmara.

Maia disse com todas as letras que, se apoiá-lo, o PT poderá ter um nome, provavelmente Paulo Teideira, na mesa da Câmara. Nos bastidores, o ex-presidente Lula tem se mantido calado sobre a disputa e setores do partido veem seu silêncio como um gesto de apoio velado a Maia.
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget