\imprensa Viva
.

Lula sofre mais uma derrota na Justiça. CNMP negou recurso do petista contra quatro procuradores da República



O ex-presidente Lula acaba de amargar mais uma derrota na Justiça em sua cruzada na qual tenta politizar o trabalho de autoridades que investigam seus crimes. O Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) impôs mais uma derrota ao petista e negou um recurso do ex-presidente contra quatro procuradores da República que integram a força tarefa da Operação Lava-Jato. O relator do caso foi o conselheiro Otavio Brito Lopes, que foi acompanhado pelos demais integrantes do CNMP.

Por decisão unânime, o Conselho decidiu manter o arquivamento do recurso movido por Lula contra os procuradores. A ação movida pelo ex-presidente era uma reclamação disciplinar protocolada em 10 de agosto do ano passado contra os procuradores Athayde Ribeiro Costa, Jerusa Burmann Viecili, Júlio Carlos Motta Noronha e Roberson Henrique Pozzobon. A defesa do petista acusou os procuradores de terem antecipado juízo de valor sobre fatos que ainda estavam em investigação na época.

Em uma manifestação em que defenderam que o caso de Lula ficasse sob responsabilidade do juiz Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba e responsável pela Operação Lava-Jato, os procuradores disseram que “há elementos de prova de que Lula participou ativamente do esquema criminoso engendrado em desfavor da Petrobras, e também de que recebeu, direta e indiretamente, vantagens indevidas decorrentes dessa estrutura delituosa”.

A reclamação tramita sob sigilo e já tinha sido indeferida pela Corregedoria do CNMP. Os advogados de Lula recorreram ao plenário do CNMP, mas saíram derrotados novamente.

Esta não é a primeira derrota de Lula em sua cruzada para criar factoides políticos e alegar em palanques que está processando procuradores, juízes e desembargadores. O petista já havia acionado o CNMP algumas vezes contra integrantes do Ministério Público. Em, setembro de 2015, por exemplo, o plenário do CNMP manteve o arquivamento de um recurso de Lula contra o procurador Anselmo Henrique Cordeiro Lopes. Ele foi o responsável por iniciar uma investigação na Procuradoria da República do Distrito Federal para apurar tráfico de influência do ex-presidente.

_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget